Kart: Felipe Fraga cai para a vice-liderança no Sul-Brasileiro

O tocantinense Felipe Fraga (Birel/ Quake 2) constatou na última semana que existem dias em que nada dá certo para um piloto de kart. Disputando a 2ª etapa do Campeonato Sul-Brasileiro de Kart na cidade gaúcha de Farroupilha, Felipe chegou ao Kartódromo Municipal César Francischini na condição de líder isolado na categoria Júnior.

Bicampeão Sul-Brasileiro e em busca do tri, Felipe dominou todos os treinos oficiais e também a tomada de tempos, firmando-se como principal favorito à vitória e a ampliação da liderança. “Até encerrar a tomada de tempos tudo estava ótimo. Eu vinha liderando todas as atividades e na tomada também fui muito bem. Pelo que vinha acontecendo eu sabia que tinha boas chances de sair de Farroupilha com duas vitórias”, disse Felipe Fraga.

A partir da primeira bateria, realizada no sábado (14) os problemas começaram a aparecer e, depois de ter liderado a prova por algumas voltas, viu o rendimento de seu kart cair bastante a ponto de, mesmo disputando a liderança, terminar em quarto lugar.

“Depois, nos boxes, constatamos que o chassi estava quebrado. Substituímos, pensando em recuperação no dia seguinte”, contou o tocantinense, citando a prova do domingo (15), a segunda bateria.

O domingo amanheceu com chuva e como a Quake 2, sua equipe, tinha acertado o chassi para o seco, Felipe Fraga não fez o treino de aquecimento, uma vez que a equipe apostava em pista seca para a parte da tarde. Na segunda bateria efetivamente a chuva não se fez presente, mas o rendimento do motor impediu que Felipe Fraga obtivesse a necessária recuperação. Mesmo assim o piloto Birel/ Quake 2 recebeu a bandeirada em terceiro. “Não fiz o aquecimento e aí não pudemos constatar este baixo rendimento”, declarou Fraga.

Os resultados fizeram com que Felipe Fraga perdesse a liderança da competição para o paranaense Tiago Ávila, vencedor das duas baterias. Fraga agora soma 40 pontos, contra 42 de Ávila, uma diferença que pode ser perfeitamente superada na etapa decisiva, que acontecerá de 10 a 13 de maio em Curitiba. “Como eu previa, meus adversários, assim como eu, fizeram o possível para vencer. O Tiago venceu com méritos e agora preciso superá-lo em Curitiba se eu quiser vencer o Sul-Brasileiro pela terceira vez”, finalizou o piloto.

Confira os cinco primeiros na pontuação da Júnior após a 2ª etapa do Sul-Brasileiro:
1 Tiago Ávila (PR) – 42 pontos
2 Felipe Fraga (TO) – 40
3 Marcelo Anselmi (PR) – 38
4 Gabriel Navarrete (GO) – 31
   Bruno Bonifácio (SP) – 31

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *