Kart: Fernando Resende Filho disputou o Sul-Brasileiro de olho no Brasileiro

Todo piloto, ao disputar uma corrida de kart, tem como principal objetivo a vitória e o mineiro Fernando Resende Filho (Multiminas Schincariol) não é exceção. Porém, mesmo não tendo obtido a vitória em nenhuma das duas baterias que compuseram a 2ª etapa do Campeonato Sul-Brasileiro de Kart, disputada na última semana na cidade gaúcha de Farroupilha, Kid, como é mais conhecido no kartismo nacional, teve motivos para ficar – pelo menos em parte – satisfeito.

A principal idéia do piloto mineiro ao partir para a disputa no Kartódromo Municipal César Francischini, em Farroupilha, era conhecer a pista que sediará o Campeonato Brasileiro de Kart, na 1ª quinzena de julho. Competidor da categoria Júnior, para pilotos com idade entre 12 e 14 anos, “Kid” fez sua estréia na pista de Farroupilha muito mais preocupado em conhecer seus segredos do que com vitórias. “É claro que eu fui para a pista pensando em vencer. Mas já que não foi possível, ter saído de Farroupilha com um bom conhecimento da pista foi muito importante para minhas pretensões no Brasileiro”, avaliou o piloto de 13 anos de idade.

Durante os treinos oficiais Fernando Resende Filho obteve bons resultados, que se concretizaram na tomada de tempos, quando garantiu a 5ª colocação no grid de largada. Na primeira das duas baterias que disputou, Fernando esteve entre os primeiros colocados até abandonar com a parte de baixo do motor quebrada.

Já na segunda um pequeno incidente, que resultou em uma rodada ainda nas primeiras voltas da bateria, fez com que o piloto, bicampeão mineiro e campeão da Fórmula Minas, abandonasse a disputa pela ponta. Persistente, ele ainda receberia a bandeirada final na 5ª colocação.

A soma dos pontos fez com que o representante da Multiminas Schincariol terminasse a etapa em 7º lugar. “Em toda corrida se aprende algo e nesta não foi diferente”, disse o piloto, que começou a competir na categoria Cadete, aos 7 anos de idade. “O mais importante de tudo, porém, foi ter tido este contato inicial com a pista que vai ser sede do Brasileiro. Na semana do Brasileiro o tempo para treinar é pouco. Aproveitei para treinar bastante agora e tenho certeza de que ter participado do Sul-Brasileiro será essencial para um bom resultado em julho”, finalizou o piloto, que compete pela equipe Faster e está atualmente na 2ª colocação do Paulista Light em número de pontos conquistados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *