Kart: Henrique Martins faz boa estréia entre os Graduados

Piloto da equipe Faster Motorsport só abandonou a disputa pelas primeiras posições quando teve problemas de motor. Campeonato teve número recorde de 32 inscritos na categoria.

Mesmo sendo um dos mais jovens competidores a disputar a categoria Graduados da Copa Petrobras Sorriso Campeão de Kart, realizada no último fim de semana no Kartódromo de Interlagos, em São Paulo, o piloto paulista Henrique Martins (Grupo Agrenco/Terlogs/Cargonave) fez bonito em sua estréia na divisão principal do kartismo brasileiro.

Em meio a um grid de 32 pilotos – o maior da história da Copa Sorriso e o maior da categoria Graduados no kartismo de São Paulo há pelo menos três anos –, Henrique teve participação de destaque e só não terminou a competição entre os dez primeiros por causa de um problema no motor de seu kart.

“Foi uma boa estréia e fiquei bastante satisfeito por ter conseguido me manter na pista no pelotão da frente”, comemorou Henrique. “Na metade da corrida final meu motor começou a perder rendimento e fui ficando para trás, e por isso o resultado não refletiu o nosso potencial para essa prova. Mas valeu a disputa e dividir a pista com um pessoal forte como esse representou uma grande experiência para mim”, acrescentou o piloto, que recebeu a bandeirada na 16ª colocação.

A vitória na quarta edição da Copa Sorriso Campeão – que distribuiu prêmios em dinheiro para os vencedores e valeu três vagas para a final da Seletiva Petrobras de Kart –, ficou com o gaúcho César Ramos.

Atrás da chance de disputar o prêmio de R$ 100 mil oferecido pela petrolífera ao campeão da seletiva, pilotos que já haviam deixado o kart retornaram à modalidade para a disputa da Copa Sorriso. Foram eles Clemente Faria Jr., da F-3 Sul-Americana, Felipe Pohletto e Guilherme de Conto, da Stock Jr., e Gabriel Tojal, da F-São Paulo.

“O kartismo de São Paulo tinha terminado o ano passado com poucos pilotos, mas renasceu e mostrou toda sua força na Copa Petrobras Sorriso Campeão. Muita gente que já tinha deixado a modalidade voltou a competir nesse torneio e o evento foi muito bem organizado. Por tudo isso, tivemos um começo de temporada ótimo tanto pelo que aconteceu na pista, quanto pelo que foi feito fora dela”, encerrou Henrique Martins.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *