Kart: Jean Aguiar faz balanço da última temporada e traça novos desafios para 2010

Participando de diversos campeonatos do kartismo nacional e alcançando resultados positivos, com vitórias e títulos, o piloto paulista Jean Aguiar (Pneus Fuke Reformadora/ Pneus Levorin/ TecSider Transportes/ Kart Mini/ Leste Kart) foi um dos destaques da modalidade na temporada passada e mostra que quer mais, muito mais, para a temporada que vai se iniciar.

Na tradição deste país tupiniquim, embora estejamos já superando os meados do segundo mês “civil”, as portas do Brasil só se abrem para funcionar a todo vapor com o final do Carnaval. Mais que uma simples festividade pagã, as folias de Momo servem como um real divisor de águas pondo fim a um (longo) período de vacância que se inicia nas festas natalinas e determinando o momento de se engrenar a primeira marcha do país. O mundo do karting não foge è essa regra consuetudinária somente dá inicio aos certames regionais e nacionais nesse tardio despertar nacional do berço esplendido, com a primeira rodada da Copa São Paulo Light de Kart que terá vez no próximo sábado (27/02) no Kartódromo Aldeia da Serra.
 
A temporada de kart 2010 promete, como a Quarta-Feira de Cinzas, ser um divisor de águas no kartismo brasileiro, com a implantação no cenário nacional de novos motores, novos carburadores e novas regras para a modalidade. Aos quinze anos de idade, o kartista Jean Aguiar (Pneus Fuke Reformadora/ Pneus Levorin/ TecSider Transportes/ Kart Mini/ Leste Kart) irá além da simples adaptação aos novos equipamentos e regras determinados pela CNK- Comissão Nacional de Kart, já que passará a integrar o seleto grupo da classe “top” da modalidade no país, a categorias Graduados.
 
Nessa nova jornada Aguiar centrará seu foco na categoria Shifter Kart da Copa São Paulo de Kart Granja Viana e no Campeonato Brasileiro dessa classe. Com os mais potentes e velozes micromonopostos do planeta, Jean buscará lapidar, ainda mais, suas técnicas de pilotagem e engrossará o grupo de desafiantes a quebrar a hegemonia do piloto de F Truck (ex-piloto da GP2 e test driver da Honda F1) Danilo Dirani na categoria.
 
Pela categoria Graduados, Jean Aguiar centralizará seus esforços nas provas que forem validas como classificatórias para a final da Seletiva de Kart Petrobrás, já que entre seus objetivos para a nova temporada é estar entre os finalistas que disputarão o polpudo cheque de 105 mil reais ofertado ao campeão pela petrolífera nacional. A primeira tentativa de classificação será já na etapa de abertura da Copa São Paulo Light de Kart, no dia 27/02, no Kartódromo Aldeia da Serra.
 
Além disso, Jean deve disputar o Campeonato Brasileiro de Kart e Copa Brasil, também pela classe Graduados e estuda a viabilidade de participar de algumas provas no exterior (EUA), tudo como preparativos para o próximo passo de sua carreira, que serão os carros de monoposto.
“Este talvez seja me ultimo ano de kart no Brasil e quero aproveitar o máximo possível o aprendizado que cada nova corrida proporciona. Depois do Brasileiro quero ir aos EUA fazer algumas provas e estudar as possibilidades de uma temporada inteira por lá e o início nos monopostos, também por lá, que é um dos bons caminhos em direção às categorias top do automobilismo mundial”, esclarece o jovem talento paulista.
 
A temporada de 2009
 
Após a longa temporada de férias anuais de todo o kartismo nacional e antecipando as folias de Carnaval, o Campeonato Paulista de Kart foi o “abre alas” dos certames regionais oficiais do Brasil na temporada de 2009. Embora passando por uma fase de reestruturação – que lhe confere grids mais “magros” que o habitual, o Campeonato Paulista de Kart é, reconhecidamente, o mais importante campeonato de kart do país, responsável pelo surgimento de talentos de magnitude internacional como Ayrton Senna, Rubens Barrichello, Tony Kanaan e Felipe Massa.
 
Durante a semana que antecedeu a etapa de abertura da temporada Aguiar, sob a batuta do frontman Décio Betgs da equipe Leste Kart, treinou forte no circuito paulistano de Interlagos, realizando praticas ora com forte sol, ora sob condições de chuva, o que dificultava o desenvolvimento dos ajustes em seu kart, mas garantia o caminho das pedras para um prova em qualquer condição climática, posto que a meteorologia indicava em suas previsões que o final de semana não teria um céu muito convidativo.  Com tanta dedicação o resultado não poderia ser outro, na pratica classificatória da categoria Junior – reservada para pilotos com idade entre 12 e 14 anos -, Jean Aguiar conquistou a quarta posição do grid, mas após a décima primeira passagem da corrida – metade da prova – a vitória já estava consolidada, abrindo o ano com o “pé direito”, literalmente embaixo.
 
Mas a temporada da Junior no Campeonato Paulista não seria duradoura. Mesmo apresentando provas de excelente qualidade em uma pista que é considerada a “Meca” do kartismo nacional – o Kartódromo Municipal Ayrton Senna em Interlagos (SP) a categoria não encontrou eco entre os esportistas da modalidade e com seu grid diminuindo a cada etapa acabou paralisada por falta de “quorum” a partir da quarta etapa. O resultado final para Aguiar neste certame foi uma vitória, dois segundos lugares e um terceiro lugar.
 
Jean Aguiar (Pneus Fuke Reformadora/ Pneus Levorin/ TecSider Transportes/ Kart Mini/ Leste Kart) também disputou em 2009 a competitivíssima Copa São Paulo Light de Kart, certame que surpreendeu com um elevado número de pilotos em sua primeira etapa, atraindo pilotos e equipes de todo o país para o Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri (SP). Após sair para classificar para a etapa de abertura do certame, Jean Aguiar mostrou que os ajustes de seu bólido estavam impecáveis e cravou a melhor volta da prática classificatória. Porém na volta lançada única do Top Qualify, as condições físicas da pista haviam mudado e Jean ficou com o terceiro melhor tempo para a formação do grid. Autorizado o início da prova Jean conseguiu superar Cacé Almeida, assumindo a segunda colocação e partiu em busca do líder Victor Franzoni. Todavia, o sistema de freio de seu micromonoposto apresentou problemas, fato que não lhe permitiu a manutenção do forte ritmo inicial de corrida. Mesmo assim, o piloto paulista conseguiu garantir a terceira posição da corrida.
 
A terceira, também foi a colocação em qual completou na terceira etapa do certame, após enfrentar muitos problemas. Primeiro a bomba de água do propulsor de seu kart apresentou problemas, tornando necessária sua troca. Após a substituição do componente o problema passou a ser o motor recebido pelo sistema de sorteio, que ainda durante o treino livre passou a apresentar um baixo desempenho sendo, também, necessária sua troca. Com o problema aparentemente resolvido, Jean foi para a tomada de tempos classificatórios, mas o motor substituído necessitou ser novamente trocado, por conta de um vazamento de água na unidade propulsora. A nova pane comprometeu o resultado da classificação de Jean, que conquistara a quinta colocação. Com outro motor entregue pela organização e a incógnita de seu desempenho na prova, Aguiar alinhou seu micromonoposto na ultima colocação do grid em razão de penalização regulamentar pela troca de motores, mas a certeza de que o recebido estaria em condições de competitividade, ou se novamente daria problemas.
 
Em uma largada “conservadora” Jean manteve o posicionamento na largada, mas ainda na primeira volta conseguiu ultrapassar, sucessivamente, os karts de Matheus Rotta, Ítalo Leão e de Eurico de Ângelo, subindo para a quarta colocação. Vitor Franzoni era o líder, com Cacé Almeida na segunda colocação seguido de Yukio Duzanowski no terceiro posto. Com forte ritmo Jean conseguiu reduzir a diferença para o kart de Duzanowski e após breve estudo atacou com precisão, para tomar-lhe a terceira posição.
 
Aguerrido, em pouco tempo Jean Aguiar conseguiu também reduzir a distancia para Cacé e Franzoni, passando a dividir freadas e curvas com os ponteiros da corrida. Aguiar chegou a ocupar a segunda colocação nesse tríplice combate pela vitória, que durou várias voltas e terminou com uma disputa particular entre Franzoni e Jean, que, todavia, cruzou a linha final em terceiro. Enfrentando altos e baixos durante a temporada da Copa São Paulo Light de Kart – mas sempre subindo ao pódio em todas as etapas – Aguiar completou o ano com a quarta colocação no classificação final do certame.
 
Além de competir pela categoria Junior, no Campeonato Paulista e na Copa São Paulo Light de Kart, Aguiar disputou a Copa São Paulo de Kart Granja Viana, “estreando” nova categoria da modalidade. Com bólidos equipados com motores TM K9 de 125cc, seis marchas e freio a disco duplo na dianteira a categoria foi reservada aos condutores com idade entre 14 a 16 anos e, embora praticamente reservada aos pilotos da classe Junior, por expressa determinação da FASP- Federação de Automobilismo de São Paulo recebeu o nome de Shifter Graduados.
 
Certamente foi nessa categoria e certame que Jean Aguiar mais se destacou ao longo de 2009, conquistando o titulo de Vice-Campeão, com quatro vitórias, três segundos lugares e três terceiros lugares conquistados, além de abrir a fase de “play-off” do certame na condição de líder da categoria que teve como ponto alto as belíssimas e acirradas disputas com Victor Franzoni, que renderam em muitas etapas verdadeiras aulas de pilotagem até a ultima curva, da ultima volta.
 
Em uma das rodadas da Copa São Paulo de Kart Granja Viana Aguiar “dobrou” suas atividades na pista, ao dividir a condução de um micromonoposto com o piloto deficiente auditivo Julio Reis na prova da categoria Stock 125. Com micromonopostos equipados com motor Parilla GB30 com embreagem e partida elétrica – o mesmo adotado no Desafio das Estrelas –. A categoria tem suas provas com duração de 60 minutos e é um dos destaques do certame granjeiro, já que invariavelmente conta com seu grid repleto de astros da velocidade, como Tony Kanaan, Rubens Barrichello, Thiago Camilo, Marcos Gomes, Felipe Giaffone e até mesmo Felipe Massa.
 
A dupla esteve boa parte da prova no “top five”, gerando a expectativa de conquista de um bom resultado final, todavia o bólido foi envolvido em um acidente no terço final da corrida, que impediu a permanência do kart da dupla na prova.
 
O ponto alto das temporadas de kart no Brasil são os certames nacionais, promovidos diretamente pela CBA- Confederação Brasileira de Automobilismo. Em Goiânia, Jean Aguiar (Pneus Fuke Reformadora/ Pneus Levorin/ TecSider Transportes/ Kart Mini/ Leste Kart) disputou pela categoria Junior o Campeonato Brasileiro de Kart. Pole position, Jean venceu com folga as duas baterias disputadas no primeiro dia de provas. Todavia, nas provas Pré-Final e Final seu kart não mostrou o mesmo avassalador rendimento. A corrida Pré-Final Jean completou na terceira colocação, posto em que largou na bateria Final, a qual recebeu a bandeira a quadros ocupando a quinta posição. “Não era o que esperávamos com resultado, principalmente depois da pole e das vitórias na sexta-feira. Tudo estava igual no kart, apenas mudamos o pneu, o que acreditamos que possa ser o responsável pelo resultado final. Mas estar entre os cinco primeiros também é incrível”, esclareceu Jean Aguiar logo após o encerramento da prova decisiva.
 
Mas a velada frustração do Campeonato Brasileiro de Kart da categoria Junior foi substituída pela contagiante alegria da conquista do titulo de Vice-Campeão da categoria Shifter Junior na primeira participação da classe no Campeonato Brasileiro de Shifter Kart, disputado no Kartódromo Granja Viana em evento conjunto com a rodada final do certame regional.
 
Na pratica classificatória, que definiu a ordem de largada da primeira das três baterias que compuseram o certame nacional, Jean Aguiar garantiu a terceira posição da grelha. Com uma tocada magistral, Aguiar superou os adversários e garantiu a vitória ao termino das dezesseis voltas de corrida. Na manhã seguinte o piloto da equipe Pneus Fuke/ Pneus Levorin/ TecSider/ Kart Mini/ Leste Kart repetiu a dose, bisando a vitória e partindo para a bateria Final, novamente na condição de franco favorito à conquista do titulo máximo.
 
Autorizada a largada Jean Aguiar tratou de impor seu habitual avassalador ritmo de corrida, buscando abrindo vantagem para os demais concorrentes ainda na primeira volta. Todavia, Felipe Fraga – que completara em segundo na segunda bateria – estava em grande forma e, após recuperar de Victor Franzoni a vice-liderança ainda na volta inicial, conseguiu aproximar-se de Aguiar na segunda passagem para pular para a dianteira da corrida, que manteve até a linha de chegada. Jean Aguiar completou na segunda posição e como apenas o resultado da finalíssima era definidora do resultado do campeonato, mesmo vencendo duas das três corridas, Jean Aguiar ficou com o titulo de Vice-Campeão Brasileiro de Shifter Kart Junior.
 
As alegrias e frustrações da temporada de kart 2009 já fazem parte do passado e do cabedal de experiências adquiridas pelo kartista paulista ao longo de sua já longa carreira iniciada em 2000 na categoria Z.J. Junior – atual Mirim – da Granja Viana. A temporada 2010 que se inicia será para Jean Aguiar como um período de “pré-vestibular”, em qual dará o “polimento final” em suas técnicas para enfrentar em 2011 o “vestibular” dos monopostos no automobilismo de competição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *