Kart: Mais uma vez Itumbiara sediou a Copa Centro-Oeste

O Kartódromo Dr. Henrique Santillo, em Itumbiara – GO, sediou pela primeira vez no ano as corridas da Copa Centro-Oeste de Kart. De forma experimental os organizadores realizaram todas as atividades da sexta rodada dupla do ano no sábado, dia 12, como uma saída de redução de custos tanto para as equipes como para o evento como um todo. Com 41 pilotos divididos em seis categorias as corridas foram válidas pela 11ª e 12ª etapas do Certame interestadual.

Com uma bela infra-estrutura o local recebeu uma turma de crianças de um projeto social da prefeitura local que assistiu com entusiasmo às competições. Variando entre sete e onze anos as crianças da arquibancada vibravam principalmente com os pilotos das categorias Mirim e Cadete que possuíam a mesma faixa etária.

 

Para largar na frente na categoria Mirim João Pedro Custódio suou o macacão.  E da mesma forma, durante toda a primeira bateria. Após largar muito bem e abrir certa vantagem, Samuel Gontijo, que estava brigando pela segunda posição com João Vitor, conseguiu ultrapassar Custódio. Contudo, a determinação do pole foi tamanha que faltando apenas três voltas ele conseguiu reverter o quadro. Assim, Custódio deu o troco em Samuel finalizando na primeira posição com Samuel em segundo e João Vitor em terceiro. Mais uma vez largando na ponta Custódio e Samuel pareciam repetir o resultado da primeira bateria, mas, a história se inverteu. Samuel logo na largada pulou na frente do João Pedro e  andou na frente por algumas voltas quando Custódio começou a pressionar. A partir daí os dois se alternavam na ponta. A cada volta um estava na frente e, somente nas três últimas voltas  Samuel conseguiu segurar João e eles cruzaram praticamente juntos a linha de chegada. Desta vez Samuel que venceu, com Custódio em segundo e João Vitor em terceiro.

 

Pela Categoria Cadete a pole ficou com o atual líder da competição, o goiano Luiz Felipe Branquinho. Ao lado de Alex Alves eles compuseram a primeira fila do grid. Com a vantagem de sair na parte limpa do circuito Branquinho já tinha aberto uma boa vantagem sobre os demais quando um acidente com Alex Alves paralisou a corrida. Devidamente atendido o piloto retornou sem maiores problemas à pista. Após a nova largada os pilotos que brigavam pela segunda posição logo pularam na frente. Assim, João Vitor Branquinho e João Vieira se alternavam na liderança enquanto Augusto Pereira e Gustavo Moura o seguiam de perto. Bastante disputada em todas as posições quem levou a melhor nesta bateria foi João Vitor que cruzou em primeiro, seguido de João Vieira e Pereira em terceiro. A segunda bateria do dia trouxe uma dobradinha em família. Mesmo largando da sexta posição Luiz Felipe Branquinho fez uma excelente corrida de recuperação e, após conseguir ultrapassar seus adversários, chegou ao fim da corrida para alcançar seu primo João Vitor Branquinho. Demonstrando muita habilidade ele o ultrapassou e recebeu a quadriculada em primeiro, com seu primo em segundo e Vieira, em terceiro.

 

Correndo juntas as Categorias Júnior e Júnior Menor entraram na pista com equipamentos mais rápidos que as classes anteriores. Na pole da Júnior estava João Sérgio Câmara, atual líder nesta categoria, e Joaquim Junqueira. Ambos  disputaram muito a liderança entre si. Os dois logo se distanciaram do restante do grupo e Junqueira chegou a assumir a ponta. Mas, Câmara conseguiu recuperá-la e chegar na frente garantindo assim mais uma vitória. Pela Júnior Menor Marcos Vieira marcou o melhor tempo. Logo após a largada Gustavo Borges se acidentou na reta dos boxes e, com a bandeira vermelha na pista, os pilotos fizeram outra largada. Sem nada sofrer Borges largou novamente dos boxes. Bastante disputadas em todas as posições somente o pole continuou com sua posição e cruzou em primeiro. Atrás dele cruzaram Renato Abritta em segundo, seguido de Brenno César. Na segunda bateria, porém, Abritta e João Marcos passaram a pressionar muito Vieira. Desta forma os dois se na ponta e brigaram muito entre si. Abritta levou a melhor e cruzou em primeiro seguido de João Marcos e Vieira, desta vez, terminou em terceiro.

 

Na Categoria Sênior Fábio Oliveira além de ficar com a pole ganhou com tranqüilidade as duas baterias. Contudo, durante as duas corridas Célio Leal e Nuri Dirani tiveram que brigar muito pela segunda posição.  No início da primeira corrida os dois entraram juntos numa curva e acabaram se tocando. Melhor para Leal que voltou mais rápido e recebeu a quadriculada em segundo com Dirani, em terceiro. Na segunda bateria, porém, apesar de não se “embolarem” as posições permaneceram as mesmas.

 

Diferente das demais categorias a F400 realizou duas baterias com 40 minutos de duração. Durante as etapas os pilotos tinham que passar obrigatoriamente nos boxes para pesagem e eventual troca de pilotos. Tendo em seu grid 15 concorrentes e com a janela para entrada nos boxes as corridas foram muito emocionantes. Quem largou da pole foi Veberley Carneiro, mas, já na primeira volta Thiago Azalini pulou na ponta. Destaque para Pablo Alves que largou da quinta posição e se juntou aos três primeiros. Azalini venceu com tranqüilidade seguido de Marco Alves em segundo e Pablo, em terceiro. Ao fim do dia, encerrando as atividades da rodada, a categoria voltou à pista para a segunda bateria. Desta vez, Marco Alves levou a melhor vencendo a disputa. Veberley Carneiro ficou com a segunda posição seguido de Thiago Azalini.

 

A próxima etapa da Copa Centro-Oeste acontecerá no dia 17 de outubro no Distrito Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *