Kart: Matheus Chequer destaca aprendizado em Florianópolis

Jovem piloto disputou seu primeiro torneio internacional e aproveitou a competição para se preparar para o Campeonato Brasileiro da modalidade, que será realizado no mês de julho nesse mesmo circuito.

A alta competitividade e os grids cheios do Campeonato Panamericano de Kart foram as características que, na opinião do jovem piloto Matheus Chequer (Puma/Red Balloon/Runner), mais contribuíram para o aprendizado dos pilotos na edição deste ano do torneio continental – encerrada neste domingo no Kartódromo dos Ingleses, em Florianópolis (SC).

Com 30 karts no grid, a categoria Cadete foi a segunda mais movimentada do evento, que reuniu cerca de 100 pilotos de nove países do continente sul-americano. “Disputar o Pan é um experiência bem diferente de competir em um torneio estadual”, disse Chequer. “Ficar a meio segundo do tempo da pole position significa largar no pelotão de trás e partir para provas de recuperação. Além disso, há todo um sistema de treinos e de corridas que é bem diferente dos campeonatos estaduais. Por tudo isso, ter feito esse Pan foi, para mim, um grande aprendizado”, completou Matheus.

Na corrida pré-final, o piloto da equipe WR Motores chegou a ocupar a quinta posição, mas escapou na sujeira deixada por um adversário que saiu da pista e abandonou. Na última corrida, Chequer largou em 24º e cruzou a linha de chegada em 19º. “É claro que vim para cá pensando em um bom resultado, mas meus principais objetivos eram aprender e conhecer a pista, já que o Campeonato Brasileiro será disputado neste mesmo circuito no mês de julho”, completou o piloto.

A corrida final foi marcada por dois acidentes, um na entrada da reta principal entre o argentino Gregório Conta e Roberto Mullinido, do Peru, e outro envolvendo apenas Douglas Iaccone, que capotou na saída do “Cotovelo”. A vitória – e o título de Campeão da Copa Cadete Codasur, denominação do Panamericano para os pilotos da Cadete ­– foi de Sydnei Santana, que garantiu a ponta na última volta.

O resultado completo da prova foi o seguinte:
1 – Sydnei Santana (BRA)
2 – Yago Cesário (BRA)
3 – Samuel Morselli (BRA)
4 – Gabriel Robe (BRA)
5 – Olin Gali (BRA)
6 – Enio Galeano (BRA)
7- Maurinho Custódio (BRA)

8 – Gaston Iansa (ARG)
9 – Danilo Sadzinkski (BRA)
10 – Erik Gasparini (BRA)
11- Marcos Vieira (BRA)
12- Lucas Palhares (BRA)
13- João Vieira (BRA)

14- Adler Brietzke
15- Frederico Paoloni (ARG)
16- Pietro Rimbano (BRA)
17- Frederick Balbi (URU)
18- Victor Oliveira (BRA)
19- Matheus Chequer (BRA)

20- Santiago Urrutia (ARG)
21- Matheus Rotta (BRA)
22- Matheus Klein (BRA)

23- Silvio Angeloni (ARG)
24- Leo Gimenes (BRA)
25- Yuri Cesário (BRA)
26- Douglas Iaconi (BRA)

27- Juan Masi (PAR)
28- Yukio Duzanowski (BRA)
29- Roberto Mollinedo (PER)
30- Facundo Garese (URU)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *