Kart: Navarrete vence mais uma no Light

O piloto goiano Gabriel Navarrete (Coppertone Sport / Nil Racing) disputou no último sábado, sete, no Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri – SP, a quinta etapa da disputada Copa São Paulo Light de Kart.

Navarrete, que participa das provas pela categoria Sprinter “A”, a mais rápida do Certame, já começou seus treinamentos sabendo que largaria da pole-position. Segundo o regulamento da competição, quem estivesse na frente da classificação até a quarta etapa largaria na pole-position da primeira prova da rodada dupla que marcaria a quinta etapa.

“Por um lado, começar um evento sabendo que você vai largar da pole é muito bom, pois lhe tira um peso das costas. Por outro, você já entra com a responsabilidade de fazer uma boa prova. É uma situação diferente”, analisou o piloto de 14 anos.

Na primeira bateria Gabriel pulou na frente e logo conseguiu impor seu ritmo. Volta a volta o representante da Coppertone Sport foi abrindo vantagem enquanto seus concorrentes vinham se revezando na segunda e terceira posições. Ao final das 16 voltas Navarrete recebeu a bandeirada com mais de 1,5s. de vantagem para Lucas Foresti, o segundo colocado.

Na segunda bateria, por sua vez, Gabriel carregava cinco quilos de lastro, artifício do regulamento para não deixar que um piloto se destaque do restante do pelotão. Porém, como todos os concorrentes tinham um rendimento muito próximo, Gabriel começou a perder posições logo na largada e, por mais que se defendesse, não conseguia acompanhar o ritmo dos concorrentes. Para piorar a situação, quando estava na quinta posição, sofreu um toque do kart de Renan Gama o que o fez rodar na pista. Determinado, o piloto ainda voltou para a pista, mas, já sem chances de brigar por posições. Gabriel recebeu a bandeirada na 11ª posição.

“A vitória na primeira corrida foi um prêmio pela minha pole. Meu equipamento era mediano, mas, como eu sabia que iria largar em primeiro, achei melhor não trocar o motor. Já na segunda bateria, com o peso extra, não conseguia acompanhar o ritmo do pessoal e fui perdendo várias posições. Foi uma pena, mas, de qualquer forma, dentre as duas rodadas duplas eu posso descartar uma bateria que, com certeza, será esta”, finalizou o piloto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *