Kart: O vôo JJ 3054 da TAM ceifa Caio Felipe da Cunha do mundo do kart

Entre os 186 nomes que aparecem na lista de vítimas fatais do maior acidente aéreo da historia da aviação brasileira, ocorrido com o Airbus A320 da TAM em São Paulo nesta terça-feira (17/07), está o nome do piloto potiguar Caio Felipe Cunha, de apenas 13 anos de idade.

A jovem revelação da modalidade no nordeste voltava de férias nas cidades de Canela e Gramado – na serra gaúcha – e estava na aeronave junto com de seus pais, Ivanaldo Arruda da Cunha, proprietário de postos de combustível em Natal e Zenilda Otília dos Santos, bem como sua irmã Ana Carolina Santos, de apenas 9 anos de idade.

“Não acreditei quando vi a relação de vitimas do acidente aéreo. O Caio Felipe Cunha competiu em Natal este ano e mostrou grande potencial. Há poucos dias, estive com o Caio em São Paulo para acompanhá-lo na Mega Kart onde comprou um chassis novo para montar com motor Honda 13hp e disputar nosso campeonato. Essa é uma grande perda para o kartismo nordestino, pois estou certo que seria em breve um grande campeão”, lamentou Marcello Conrado, organizador das provas de kart no Rio Grande do Norte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *