Kart: Problemas para Leonardo Cordeiro no Paulista Light

O piloto Leonardo Cordeiro (Mahle/Conexão FGV/Minóica Global Logistics/Página Comunicação), atual bicampeão da Copa Sorriso Campeão, participou da segunda etapa do Campeonato Paulista Light RBC disputada no último sábado, dia 11, em Aldeia da Serra – no kartódromo que leva o mesmo nome e que fica a pouco mais de 30 km da cidade de São Paulo.


Cordeiro chegou à etapa como terceiro colocado do torneio (depois do 3º posto conquistado na primeira etapa) e era um dos favoritos à vitória na categoria Sprinter A, a principal do Paulista Light RBC. “Este é um campeonato em que não existem favoritos. Os motores sorteados acabam deixando muita gente com chance de vitória”, comentou o piloto citando o grande destaque deste certame que são os motores preparados e sorteados pela RBC Preparações.

 


Em uma etapa que registrou número recorde de inscritos em competições no estado de São Paulo este ano, o Paulista Light RBC contou com 109 pilotos disputando as oito categorias do torneio. Quatorze deles participaram da categoria Sprinter A, na qual Leonardo Cordeiro ficou com o quinto tempo na tomada que definiu a ordem de largada. A pole position foi do paulista Dennis Dirani. “O quinto lugar na tomada foi um resultado bom, visto que eu não treinei na sexta-feira e cheguei na pista direto para o warm-up”, lembrou Leonardo que chegou em Aldeia da Serra somente no dia da prova.


 


Largando do lado de dentro da pista, o piloto da cidade de São José dos Campos, no Vale do Paraíba (SP), teve seu primeiro contratempo assim que o diretor de prova deu o sinal verde. “Na hora que eu ‘dei o pé’ na largada, o motor falhou e o pessoal da outra fila passou à frente”, contou o piloto usando a gíria ‘dar o pé’ para explicar o momento em que acelerou para a largada. Pouco depois, quando tentava recuperar o tempo perdido na largada, Leonardo acabou tocando no kart do piloto Tales Dias e perdeu o bico do seu bólido.

O toque prejudicou o desempenho do chassi de Leonardo que passou boa parte da prova em uma disputa acirrada com o Adílson Franchi Filho. “Na hora daquele toque em que eu perdi o bico, entortou alguma coisa na frente do kart e, a partir daí, ele já não andava mais”, explicou o vice-campeão Brasileiro de Kart. A vitória da Sprinter A foi do piloto Dennis Dirani que liderou de ponta a ponta a corrida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *