Kart: Provas de arrepiar na terceira do Super Centro-Oeste

O Kartódromo Ayrton Senna, no Guará – DF, recebeu neste domingo, dia 29 de abril, a terceira etapa da II Taça Super Centro-Oeste de Kart. Ao todo 66 pilotos participaram das disputas divididos entre as categorias Mirim, Cadete, Júnior Menor, Júnior, Novatos, Graduados “A” e “B”, Sênior “A” e “B”, RD-135, Master 400 e Sprinter 400.

A competição foi repleta de emoções desde a tomada de tempos e prosseguiu com provas muito disputadas em quase todas as categorias.

Com o tempo de 46s324 Pedro Piquet marcou a pole position da categoria Mirim. Na prova, Piquet assegurou a liderança na largada mas, foi logo muito pressionado por Fernando Mattos, que vinha em segundo. Ambos fizeram uma prova a parte e disputaram a liderança até a bandeirada final. Jorge Neto, Daniel Badra e João Pedro também se revezaram nas posições intermediárias até a metade da prova, quando Neto firmou-se na terceira posição para não mais perdê-la até o fim. Piquet venceu com Mattos em segundo.

A categoria Cadete teve a prova mais emocionante da etapa. Após largar da primeira posição Victor Guimarães brigou durante toda a prova com Yuri Areal, Yuri e Yago Cesário e Gabriel Brant. Os cinco brigaram durante as dezesseis voltas e o resultado realmente só foi definido na bandeirada final. Areal garantiu a vitória  seguido pelos gêmeos Yuri e Yago Cesário.

Seguindo a programação as categorias Júnior e Júnior Menor foram para a pista. Largando da pole-position Gabriel Navarrete, da Júnior, manteve-se na ponta desde a tomada de tempos. O piloto largou e logo abriu em relação aos adversários até a bandeirada final. Os pilotos da Júnior Menor, porém, fizeram uma bateria muito disputada. João Sérgio Câqmara, o pole-position, perdeu a posição para Ítalo Leão, que vinha em segundo. Matheus Vieira também entrou na disputa e os três brigaram durante toda a prova pela liderança. Ao final, vitória de Leão com Vieira em segundo e Câmara, em terceiro.

A exemplo das demais provas até então realizadas a bateria que reuniu os pilotos das categorias Sênior “A”, “B” e RD-135 também foi muito emocionante. Cleiton Cesário saiu da primeira posição seguido pelo primo Elon Cesário. Na largada Cleiton manteve-se na ponta mas, muito pressionado Elon, Anderson Faita e Rodrigo Piquet. Esses pilotos abriram em relação ao restante do pelotão, que formou um grande bloco com muitas disputas e ultrapassagens. Lá na frente Piquet perdeu o bico de seu kart ao tentar ultrapassar Faita e saiu da disputa. Nesse momento os três firmaram-se nestas posições, mas Elon ainda ultrapassou o primo e saiu com a vitória. Faita também superou Cleiton e chegou em segundo. Cleiton foi o terceiro. Na Sênior “B” vitória de Francisco Marques seguido por Fábio Oliveira e Flávio Motta. Na RD André Cristo venceu com Carlos Gomes em segundo e Marco Aurélio Alves, na terceira posição.

Também muito disputada foi a prova das categorias Graduados “A” e “B”. Thércio Brandão saiu da pole seguido por Felipe Nasr e Igor Veras. Os três mantiveram-se nessas posições na largada mas, logo começaram uma verdadeira batalha pela vitória. Brandão não conseguiu suportar a pressão e acabou sendo superado por Nasr e Veras. Com o passar das voltas Nasr foi construindo uma confortável vantagem que o levou até a bandeirada final, que foi recebida com mais de dois segundos de vantagem para Veras. Brandão ficou em terceiro. Na Novatos, Lucas Foresti saiu da pole e acompanhou o ritmo dos pilotos graduados não dando muita chance aos concorrentes de sua categoria. Assim, ele venceu a prova seguido por Luis Cordeiro, em segundo e, Pedro Emílio, em terceiro.

Única categoria que competiu em sistema de rodada dupla a Fórmula 400 reuniu 13 pilotos divididos entre as categorias Master e Sprinter. Na primeira prova Renato Mendes foi muito constante e logo conseguiu abrir vantagem para os demais concorrentes. Durante as 20 voltas da prova ele construiu uma vantagem de quase cinco segundos para Thiago Azalini, que chegou em segundo e Paula Pereira, terceira colocada. Na Master, Álvaro Randon venceu com Francisco Viana em segundo e Murilo Mori, no terceiro posto. Na segunda bateria, que teve seu grid determinado pela inversão do resultado da primeira prova, as disputas foram ainda maiores. Thiago Azalini, que havia largado da penúltima posição, vinha em segunda, numa bela prova de recuperação, mas, em uma ultrapassagem perdeu o bico de seu kart e foi obrigado a parar no Parque Fechado para a substituição. Com isso, a vitória na Sprinter tornou-se mais tranqüila para Pedro Manzano. A segunda posição ficou com Rogério Mesquita e a terceira com Rodrigo Dorey. Na Master, vitória de Jóbis Ferreira, seguido por Flávio Alencastro e Murilo Mori.

A quarta etapa do Super Centro-Oeste 2007 acontece no Kartódromo Ricardo dos Santos, em Goiânia – GO, nos próximos dias 26 e 27 de maio.

A II Taça Super Centro-Oeste de Kart é uma realização da RBC Preparações de Motores com organização das Federações de Automobilismo de Goiás e Distrito Federal e supervisão da CBA. Apoio de Kart Mini, Birel Sudam, Mega Kart, Dimetil e DMTV.

Foto: Flávio Quick

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *