Kart: Quase 100 pilotos participaram da 7ª Etapa do Paulista Light

Num sábado que começou nublado e com pista molhada e terminou numa bela e quente tarde, o Kartódromo Aldeia da Serra recebeu no último dia dois, a sétima etapa do Campeonato Paulista Light RBC 2006.

Com 93 pilotos divididos entre as oito categorias que participam da competição as provas foram muito empolgantes e várias disputas aconteceram ao longo do dia.

Como tradicionalmente acontece a categoria Cadete foi a primeira a vir a pista e, com o maior grid da temporada até agora, 14 karts fizeram uma prova bastante emocionante. Maurício Jr. largou da pole, mas, logo foi ultrapassado por Yago Cesário, Matheus Rotta e Léo Gimenez. Os quatro disputaram a ponta durante toda a bateria e a cada passagem pela linha de chegada um deles liderava a disputa. Ao final, Maurício realmente confirmou a vitória com Gimenez em segundo e Rotta, em terceiro.

Em seguida veio a prova da Júnior Menor. Guilherme Salas largou da ponta e veio abrindo vantagem nas primeiras voltas. Porém, após um erro, ele rodou e acabou deixando a liderança nas mãos de Guilherme Silva, que vinha em segundo. Silva, por sua vez, demonstrou porque é a atual vice-campeão Brasileiro e suportou até a bandeirada os insistentes ataques de Jean Aguiar. Silva venceu com Aguiar em segundo e Eduardo Banzoli Filho, em terceiro.

Na prova da Júnior, após estrear com os chassis da Kart Mini, o colombiano Carlos Huertas marcou a pole-position e venceu de ponta-a-ponta. O destaque dessa categoria foi o piloto Felipes Appezzato que, após largar da sétima posição fez a volta mais rápida, e conseguiu terminar no terceiro lugar, a menos de um décimo do segundo colocado, André Negrão.

A prova da Master A teve como pole-position o paranaense Wagner Ebrahim. Mas, os pilotos Rogério Rezende e Fernando Croce largaram muito bem, pularam na ponta e fizeram um belo duelo nas primeiras voltas. Porém, com o desenrolar da prova, Ebrahim se recuperou e novamente assumiu a ponta para não mais perdê-la até a bandeirada final. Croce ainda conseguiu finalizar em segundo com Antônio Canedo em terceiro. Rezende, que se enroscou com Croce, terminou na quarta posição.

As categorias Master B e Super Sênior vieram na seqüência. Outro paranaense, dessa vez Eduardo Souza, dominou a etapa da Master B e além da pole-position venceu de ponta-a-ponta. Na segunda posição, há dois segundos do líder, chegou Carlos Murari Jr e, em terceiro, chegou Roberto Azzana. Na Super Sênior, apesar de ter liderado boa parte da prova, Jaime Drumond chegou apenas na terceira. A vitória ficou com Massayuki Katsui seguido por Marcelo Rodrigues.

A penúltima prova do sábado foi a da categoria Sprinter B. Mais uma vez o baiano Alexandre Rosário, em bela apresentação, dominou a prova e conseguiu abrir mais de seis segundos para Vinícius Sammarone, o segundo colocado. Sammarone, por sua vez, teve uma prova extremamente difícil onde teve que se defender todo o tempo dos ataques de Victor Caliman, que finalizou na terceira posição.

A categoria Sprinter A foi a última a vir a pista e, apesar dos oito karts alinhados no grid, a prova começou bastante movimentada. Douglas Hiar largou na pole e abriu certa vantagem no começo da prova. Mas, em compensação, Rafael Suzuki e Felipe Guimarães, que vinham pela segunda e terceira posições, travavam uma bela disputa. Ambos se ultrapassaram e a disputa parecia que somente terminaria na bandeirada. Mas, com seis voltas completadas, Suzuki acabou abandonando a prova com problemas mecânicos em seu kart. Quem apareceu algumas voltas mais tarde, andando muito rápido, foi o carioca Henrique Lambert. Guimarães não conseguiu suportar a pressão e acabou cedendo a segunda posição para o piloto do Rio de Janeiro, que assim, terminou a corrida em segundo, com Felipe, em primeiro. Hiar venceu de ponta-a-ponta mas, recebeu a bandeirada com menos de um segundo de vantagem para Lambert.

A oitava etapa do Paulista Light RBC está marcada para o dia sete de outubro, no final de semana anterior a Copa Brasil de Kart, e a previsão dos organizadores é de que as inscrições se encerrem bem antes da prova. Terão prioridade os competidores que já participam do Campeonato e, havendo disponibilidade de motores, serão abertas vagas para outros pilotos interessados.

O Paulista Light RBC 2006 é uma realização da RBC Preparação de Motores com organização do Interlagos Motor Clube e supervisão da Federação de Automobilismo de São Paulo. Patrocínio de Birel Sudam, Kart Mini e Botto Auto Gear. Apoio de Sparco América Latina, Mega Kart, Mahogany, AG Pneus e Artmix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *