Kart: Rafael Suzuki é Vice-Campeão Brasileiro de Shifter Kart

Piloto da Fórmula 3 alemã ficou satisfeito com o resultado.

Nem mesmo enquanto está descansando o piloto profissional fica sem correr. Aproveitando o intervalo entre a sexta e a sétima rodada da Fórmula 3 Alemã, o paulista Rafael Suzuki (Kart Mini/Sabiá Racing) veio ao Brasil e acabou disputando no último sábado (30/08) o Campeonato Brasileiro de Shifter Kart. E mesmo sem compromisso algum, garantiu o vice em sua primeira competição oficial na modalidade em 2008.

“De uma forma geral foi bom. Claro que eu busquei a vitória, mas pelas circunstâncias foi bem razoável”, afirma. O principal certame de karts com marcha aconteceu no Kartódromo de Itu, no interior de São Paulo, e o campeão foi o kartista Danilo Dirani, que corre profissionalmente nos Estados Unidos com este equipamento.

Rafael Suzuki viu na competição uma boa chance de se manter em atividade enquanto está no país. “Foi tudo meio que de última hora. Vi que a oportunidade seria boa. O desafio de competir de kart em alto nível me atraiu também”, conta. Outra razão que o piloto encontrou para participar do torneio é o fato de o Shifter Kart ser um excelente treino para a Fórmula 3. “Além de ser um kart com marchas, ele tem reações muito mais rápidas que um Fórmula, por exemplo. É muito bom para aprimorar o reflexo, agilidade e o preparo físico também”, explica. Suzuki não competia de kart desde sua vitória na Seletiva Petrobras de Kart, em novembro do ano passado.

Suzuki competiu pela Kart Mini/Sabiá Racing no Campeonato Brasileiro, e confessa que estava com saudades de andar na modalidade. “Eu acompanhei algumas corridas esse ano e passei vontade. Eu adoro kart e correr de novo foi muito bacana”, revela. Rafael garante que o kart foi mais do que uma escola para o automobilismo. “Eu devo muito ao kart e a algumas pessoas que me ajudaram bastante. O meio me ensinou muito mesmo e eu não consigo ficar longe”, conta.

Confira o resultado final do Campeonato Brasileiro de Shifter Kart:
1) Danilo Dirani (SP), 00:24:17.953
2) Rafael Suzuki (SP), à 6.424
3) Sérgio Jimenez (SP), à 8.447
4) João Gonçalves (SP), à 13.818
5) André Sousa (SP), à 18.364
6) William Freire (SP), à 24.306
7) Wagner Ebrahim (PR), à 33.123
8) João Jardim (SP), à 34.604
9) Francisco Weiler (SP), à 46.568
10) Emilio Ianez (M) (SP), à 49.301
11) Eduardo Martins (M) (SP), à 1 volta
12) Antonio Canedo (M) (SP), à 1 volta
13) Jorge Borelli (M) (SP), à 1 volta
14) Guilherme Jacob (M) (SP), à 2 voltas
15) Rogerio Raucci (M) (SP), à 2 voltas
16) Dennis Dirani (SP), à 12 voltas
17) Victor Carbone (SP), à 23 voltas
18) Luis Souza (M) (SP), à 24 voltas
19) Rui Loiola (M) (SP), à 24 voltas
20) Victor Guerin (SP), à 24 voltas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *