Kart: Ruiz Filho explica porque utilizar Mini e não Birel

Afora as preocupações naturais de um piloto, que está sempre procurando acertar seu equipamento, lutar por vitórias e obter patrocinadores para o prosseguimento de sua carreira, o paulista Alexandre Ruiz Filho (Dermiwil / Baby Go / Ayrton Senna Racing Collection / Mazzarelo / DMW Malas de Viagem) tem utilizado parte de seu tempo para responder a uma pergunta: porque usar chassi Mini e não o Birel?

Afinal, ele é um dos poucos pilotos da sua categoria, a Júnior, que ainda não está utilizando o chassi Birel, atualmente o que está vencendo mais no kartismo brasileiro. Mesmo assim, ele tem obtido bons resultados – entre eles algumas vitórias – que têm lhe deixado entre os dois primeiros colocados nos campeonatos que disputa. No Sul-Brasileiro, por exemplo, ele lidera o campeonato, após a vitória na prova de abertura, realizada em Londrina (PR) no mês passado.

“Continuo acreditando na Mini, que tem me dado uma excelente estrutura para competir. O Mário Sérgio e a Mini têm sido ótimos e vou continuar correndo com eles, inclusive no Sul-Brasileiro e no Pan-Americano”, contou Ruiz Filho. “Somos profissionais e a ética impera em nossa conduta”, complementa.

Ruiz Filho, atual Campeão Brasileiro na categoria Júnior, acredita bastante no potencial do novo chassi da Mini, o Smart, e por isto tem trabalhado muito em seu desenvolvimento. “Já tenho obtido belos resultados, mas acho que brevemente poderei conseguir resultados melhores ainda”, avalia Ruiz Filho, que salienta ainda que a Mini sempre foi uma fábrica vencedora e que apesar da situação atual, onde sua maior concorrente tem obtido o maior número de vitórias, acredita francamente que tudo poderá mudar rapidamente.

O próximo compromisso de Ruiz Filho é justamente defender a liderança do Sul-Brasileiro, que terá sua segunda etapa na próxima semana em Farroupilha (RS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *