Kart: Sábia Racing vence na Granja Viana em dia triste para o kartismo brasileiro

Em um dia (sábado, 12) que ficou marcado por uma profunda tristeza no kartismo paulista e brasileiro, a Sabiá Racing competiu em duas frentes, uma em Florianópolis (SC) e outra na Granja Viana, em Cotia (SP).

O motivo da tristeza foi o falecimento do piloto Hirano Toyohiro, que sofreu uma parada cardíaca quando disputava a prova da Stock 125 na Granja Viana.Ele foi socorrido e reanimado, mas acabou falecendo no Hospital Municipal de Cotia. “Ficamos muito tristes com a notícia. Eu, particularmente, estava em Florianópolis, mas uma parte da equipe estava em São Paulo. Obtivemos bons resultados no final de semana, inclusive uma vitória na Granja Viana, com o Felipe Ferrareto. Mas não há o que comemorar em um momento como este”, lamenta Cláudio Dantas, o Sabiá, chefe de equipe da Sabiá Racing, solidarizando-se com a família.


E como disse o preparador, sua equipe foi vencedora em um das categorias em que competiu, a Júnior GB30, com Felipe Ferrareto. João Horto, que competia na Shifter, também fazia uma boa prova e estava em segundo lugar, quando foi obrigado a abandonar em razão de uma “pane seca”. E José França, que fazia sua primeira prova do ano na Granja Viana, competiu na Executive, que alinhou o maior grid da competição, com 32 inscritos. Por ser sua primeira prova no campeonato, o regulamento exigia que França carregasse um peso extra de 10 quilos. “Isto acabou inviabilizando qualquer chance de brigar pela vitória”, disse Sabiá, referindo-se ao 7º lugar obtido por seu piloto na prova.


Por fim, Matheus Protti competiu na Stock 125 e vinha fazendo uma boa prova, que acabou interrompida em razão do incidente com Hirano Toyohiro.


Sul-Brasileiro – Em Florianópolis, Guilherme Silva competiu pela Sabiá Racing na categoria Júnior. O mineiro chegou à capital catarinense como vice-líder na competição, mas não obteve os resultados que ele e a equipe desejavam. Ao final das duas baterias realizadas, Guilherme obteve um terceiro e um quarto lugar. “O kart do Guilherme não estava competitivo como queríamos que estivesse. Fizemos algumas mudanças, mas não conseguimos melhorar. Mas ainda teremos a última etapa para brigarmos pelo título”, finalizou o preparador, referindo-se a terceira e decisiva rodada dupla, a ser realizada de 22 a 25 de maio, em Farroupilha (RS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *