Kart: Sabiá Racing viveu final de semana intenso na Copa SP da Granja Viana

O último sábado (9), véspera do Dia dos Pais, foi marcado pela realização de mais uma etapa da Copa São Paulo Granja Viana, a 6ª. As provas foram realizadas no kartódromo de mesmo nome, localizado em Cotia (SP), e a equipe paulista Sabiá Racing esteve presente nas competições.

O time, que tem em seu comando o experiente preparador Cláudio Dantas, o Sabiá, competiu com quatro pilotos e os resultados foram os mais diversos possíveis.

Felipe Ferrareto, representante da equipe na Júnior, teve problemas de carburação na tomada de tempos e largou em 4º. Na altura da 9ª volta, Ferrareto, com os problemas resolvidos pela equipe, já assumia a liderança, que não conseguiu manter por ter sido atrapalhado por dois retardatários. No final da prova, o piloto da Sabiá Racing recebeu a bandeirada em 2º.

Dois pilotos representaram a Sabiá Racing na categoria Executive. Fernando Croce largou em 2º, enquanto que José França partia da 5ª posição, ambos com um peso extra de 8 quilos, em razão dos resultados da etapa anterior. Croce manteve sua posição, mas um erro do terceiro colocado atrapalhou os planos do piloto, que finalizou em 24º. José França, prejudicado pelo peso extra e pela mudança do clima, perdeu rendimento pelo fato de a pista ter secado e acabou em 7º.

Matheus Protti, que competia na Stock 125, foi o autor da pole, mas na hora da largada uma fina garoa se fez presente, razão pela qual a equipe optou por largar com pneus para pista seca, já que havia uma trilha e a chuva parecia não querer voltar. A chuva, porém, voltou e Protti teve que fazer um rápido pit stop para troca de pneus, o que não impediu o piloto de conquistar um brilhante terceiro lugar. “Nossa decisão acabou prejudicando o que poderia ser a primeira vitória do Protti na categoria, pelo que pedimos desculpas. Mas isso faz parte de um time e as decisões que tomamos visam sempre ganhar as corridas. Somos um time e todos ganham ou todos perdem”, disse Sabiá ao final da corrida.

O balanço da prova, feito ao final das atividades, mostra que todos os pilotos da equipe na competição estão na briga por uma das dez vagas nos playoffs finais. “Cada um vive situação diferente. Uns estão entre os dez primeiros agora, outros não. Mas todos têm chances e estamos trabalhando intensamente para que nossos pilotos possam chegar até as finais do campeonato”, encerrou Sabiá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *