Kart: Termina na Bahia a 11ª. Copa Brasil de Kart

Vitória (ES) pode sediar certame em 2010.

Debaixo de chuva, terminou hoje (domingo, 11) no Kartódromo Ayrton Senna, em Lauro de Freitas (BA), a 11ª edição da Copa Brasil de Kart, competição que reuniu cerca de 150 pilotos de vários estados do País. Segundo Rubens Gatti, presidente da Comissão Nacional de Kart, a edição de 2010 poderá ser disputada na capital do Espírito Santo:

 

“Ainda que seja cedo para definir a sede da Copa Brasil de Kart em 2010 e não tenhamos nada acertado com nenhuma cidade, o fato do kartismo capixaba estar crescendo muito torna Vitória uma candidata natural a receber esta competição.”

 

Gatti prosseguiu fazendo grandes elogios à organização do torneio, a cargo da Federação de Automobilismo da Bahia:

 

“A Selma Morais, presidente da FAB, e sua equipe, assim como todos os comissários técnicos e esportivos da Comissão Nacional de Kart que trabalharam neste fim de semana em Lauro de Freitas, estão de parabéns pelo empenho em transformar esta edição da Copa Brasil em um grande sucesso.”

 

Com o final da 11ª Copa Brasil de Kart foram definidos os cinco pilotos que representarão o Brasil na Red White Sangari International Kart Grand Prix, evento que será disputado no terceiro fim de semana de novembro em Sepang, na Malásia. São Sergio Jimenez (Graduados A), Vinicius Perdigão (Graduados B), Giuliano Raucci (Cadete), Leo Gimenes, (Júnior Menor), Victor Franzoni (Júnior) e Rafael Suzuki, que este ano disputou a temporada européia de F3 e que vai atuar também como orientador do time brasileiro.

 

Graduados A: Protti vence, Jimenez é campeão

 

Matheus Protti conquistou a primeira vitória de

 

Na primeira bateria de Pilotos Graduados A o paulista Sergio Jimenez assumiu a liderança na largada e distanciou-se dos seus rivais, porém administrou sua corrida e não correu maiores riscos em disputas. O primeiro a atacar Jimenez foi Alain Sisdeli, que acabou rodando e perdendo posições, incidente que possibilitou a Protti se aproximar e, poucas voltas mais tarde, superar o líder. Em recuperação destacada, Sisdeli fez a melhor volta da prova, superou Jimenez e fechou em segundo. Ao final da prova o campeão da categoria Graduados A admitiu que correu “fazendo contas que me garantissem o título”.

 

1.)  Matheus Protti, SP, 25 voltas em 23m38s760, média de 66,925 km/h

2.)  Alan Sisdeli, SC, a 3s611

3.)  Sergio Jimenez, SP, a 5s269

4.)  Gabriel Fernandes, a 6s825

5.)  Tiago Ávila, PR, a 19s647

6.)  Dennis Dirani, SP, 47s431

 

Melhor volta: Alain Sisdeli, 55s422, média de 68s529km/h

 

Resultado da Copa Brasil Graduados A

 

1) Sergio Jimenez, 19 pontos; 2) Matheus Protti, 18; 3) Alain Sisdeli, 18; 4) Tiago Ávila, 14; 5) Dennis Dirani, 11; 6) Gabriel Fernandes, 10; 7) Gabriel Fernandes, 10; 7) Marcelo Anselmi 9; 9) José Dieter, 4

 

Graduados B: Fraga dominou, mas título é de Perdigão

 

Felipe Fraga liderou a segunda bateria desta classe, mas o resultado não impediu que o terceiro classificado, Victor Perdigão – segundo colocado ontem -, conquistasse o título mais comemorado pelos mecânicos e auxiliares que acompanhavam o retorno dos pilotos ao parque fechado, onde é feita a conferência de peso após a prova, disputado em pista úmida.

 

1)    Felipe Fraga, TO, 25 voltas em 23m26s019, média de 67,531 km/h

2)    Victor Luz, BA, a 6s813

3)    Vinicius Perdigão, GO, a 9s032;

4)    Dalmo Júnior, RJ, a 10s957

5)    Rafael de Sá, DF, a 11s474

6)    Jonathan Louis, PR, 13s528

 

Melhor volta: Raphael de Sá, 55s073, média de 68,963 km/h.

 

Resultado Copa Brasil Graduados B

 

1) Vinicius Perdigão, 17; 2) Jonathan Louis, 16; 3) Victor Luz, 15; 4) Felipe Fraga, 11; 5) Raphael de Sá, 10; 6) Dalmo Júnior, 9; 7) Jean Claude Paturle, 9; 8) Pietro Fantin, 8; 9) João V. Gontijo; 10) Mateus Laba, 5.

 

Sênior B: Neira vence de novo e garante título

 

Felipe Neira largou na frente e isolou-se da luta pelo segundo lugar entre

Roberto Gomes, Sérgio Simão e Michael Meneghel. Ao repetir sua atuação de sábado, Neira garantiu o título da categoria reservada a pilotos da categoria Sênior B.

 

1)    Felipe Neira, DF, 20 voltas em 18m18s974, média de 79,296 km/h

2)    Sérgio Simão, DF, a 5s925

3)    Luiz Moura, ES, a 15s695

4)    Michael Meneghel, SC, a19s487;

5)    Roberto Gomes, RS, a 41s091

6)    Célio Oliveira, BA, a uma volta

 

Melhor volta: Felipe Neira, 53s374, média de 71,158 km/h

 

Resultado da Copa Brasil Sênior B

 

1) Felipe Neira, 22; 2) Sergio Simão, 16; 3) Michael Meneghel, 16; 4) Luiz Moura, 13; 5) Célio Oliveira, 13; 6) Roberto Gomes, 12; 7) Thomas Fae, 0.

 

Sênior A: Leme vence e é vice para Nicastro

 

Fernando Leme liderou a prova disputada sob chuva e marcada por várias rodadas. O carioca André Nicastro manteve a segunda colocação por boa parte da prova, recebeu a bandeirada em terceiro, atrás de Maique Paparelli, posição que lhe garantiu o título.

 

1)    Fernando Leme, 19 voltas em 18m31s614, média de 64,916 km/h.

2)    Maique Paparelli, a 0s621,

3)    André Nicastro, RJ, a 4s509,

4)    Alessandro Xavier, PR, a 34s280,

5)    Aroldo Ferreira, a 57s397,

6)    Marcelo Meneghel, a uma volta

 

Melhor volta: Maique Paparelli, 57s108, média de 66,506 km/h.

 

Resultado da Copa Brasil Sênior A

 

1) André Nicastro, 19; 2) Fernando Leme, 14; 3) Alessandro Xavier, 14; 4) Marcelo Meneghel, 13; 5) Rodrigo Piquet, 11; 6) Aroldo Ferreira, 10; 7) Maique Paparelli, 9; 8) Franklin Maiolino, 9; 9) Tadeo Mascarenhas, 9.

 

Super Sênior: Russo foi o melhor

 

Mais uma vez o veterano Renato Russo dominou a prova para a categoria Super Sênior, que teve outro duelo entre os baianos Rogério Rezende e Euvaldo Luz. Na última volta Euvaldo e Rezende se tocaram no final do misto em disputa pela terceira posição foi a grande atração; nessa briga Euvaldo jogou o adversário para fora da pista e acabou desclassificado.

 

1)    Renato Russo, SP, 20 voltas em 19m27s363, média de 65,070 km/h.

2)    Valdomiro Oliveira, BA, a 10s745

3)    Rogério Rezende, BA, a 14s685

4)    Nilson Gomes, PE, a 48s593

5)    Guilder Carvalho, MG, a 49s810

 

Melhor volta: Rogério Rezende , 56s696, média de 67,696 km/h

 

Resultado Copa Brasil Super Sênior

 

1) Renato Russo, 22 pontos; 2) Valdemiro Oliveira, 18; 3) Rogério Rezende, 16; 4) Guildner Carvalho, 12; 5) Nilson Gomes, 11; 6) Euvaldo Luz, 7; 7) Ítalo Valeriano, 5.

 

Super F4 – Oliveira administra vantagem e vence

 

Mário Dantas Filho teve a atuação mais regular na última largada do dia e ao receber a bandeirada de chegada em primeiro lugar garantiu o título da categoria Super F4; além do título, ele garantiu também a melhor volta da corrida, em 55s716. Flávio Cruz e Luiz de Sena travaram a disputa mais acirrada da corrida, que mesmo terminando nesta ordem consagrou Sena como vice-campeão.

 

1)    Mário Dantas Filho, BA, 25 voltas em 23m54s841, média de 66,175 km/h

2)    Flávio Cruz, BA, a 10s805

3)    Luiz de Sena, BA, a 11s410

4)    Paulo Ferrari Jr, a 22s436

5)    Hiroji Okano Jr, DF, a 26s010

6)    Marco Machado, DF, 31s114

 

Melhor volta: Mário Dantas FiIho, 55s716, média de 68,167 km/h

 

Resultado da Copa Brasil Super F4

 

1) Mário Dantas Filho, 16; 2) Luiz de Sena, 14; 3) Valdomiro Oliveira, 14; 4) Flávio Cruz, 12; 5) Paulo Ferrari Jr, 11; 6) Paulo Cunha, 11; 7) Franklin Maiolino, 10; 8) Thiago Azalini, 9; 9) Hiroji Okano Jr, 8; 10) Marco Machado, 6.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *