LMS: Audi leva o título da temporada

A dupla Mike Rockenfeller/ Alexandre Premat, num Audi R10 TDi do Audi Sport Team Joest, conquistou neste domingo (14/09), o titulo da classe LMP1, a principal do Le Mans Series. Com o quarto lugar nos 1000 km de Silvertone, na Inglaterra, a dupla somou 35 pontos, três a mais do que a dupla Marc Gené/ Nicolas Minassian, num Peugeot 908 Hdi-FAP do Team Peugeot Total.

A vitória foi da dupla Allan McNish/ Rinaldo “Dindo” Capello, num Audi R10 TDi do Audi Sport Team Joest, depois de 195 voltas e 5h40m24s86. A dupla Stefan Mucke/ Jan Charouz, num Lola Aston Martin da Charouz Racing System, com duas voltas de atraso, terminou em 2º. Com quatro voltas atrás a dupla Romain Dumas/ Jean-Christophe Boullion, num Pescarolo Judd da Pescarolo Sport , completou o pódio.


Com apenas oitenta minutos de prova, Minassian bateu seu Peugeot, abandonando a prova. Com duas vitórias no ano, Gené/ Minassian passaram a torcer contra Rockenfeller/ Premat, que tinha três segundos como melhores resultados.


Vinte minutos depois Capello e Sarrazin, na luta pelo segundo lugar, se tocaram, com os dois carros ficando na caixa de brita. Os carros foram para os boxes, com Sarrazin perdendo duas voltas, devido a danos na suspensão. Capello precisou de apenas um jogo novo de pneus, perdendo duas voltas.


Beneficiados pelos infortúnios dos concorrentes, aos poucos Capello/ McNish descontaram as duas voltas de atraso. Faltando apenas 23 voltas para o termino da prova Rockenfeller/ Premat, que lideravam, tiveram problemas na suspensão do Audi.


Capello cruzou a linha de chegada, dando a Audi sua primeira vitória no LMS em três anos. A montadora alemã faturou o titulo entre os construtores.


Na classe LMP2 vitória do campeão Jos Verstappen, em dupla com Peter Van Merksteijn, no Porsche RS Spyder da Van Merksteijn. Verstappen somou 48 pontos, dez a mais do que Van Merksteijn.


O brasileiro Tomas Erdos, num Lola MG da RML, terminou em 11º no geral. Ele tem como parceiro Mike Newton. No campeonato a dupla foi 6º colocada, com 21 pontos.


O brasileiro Fernando Rees, em trio com o dinamarquês Juan Barazi e o holandês Michael Vergers, num Zytek 07S da Barazi Epsilon, abandonou a prova. Rees, com 5 pontos, foi o 15º no campeonato.


Na LMGT1 a dupla Antonio Garcia/ Tomas Enge, num Aston Martin DBR9  do Team Modena. O título ficou com a dupla Patrice Goueslard/ Guillaume Moreau, com um Corvette C6.R da Luc Alphand Aventures. Eles somaram 42 pontos, seis a mais do que Garcia/ Enge.


Robert Bell, em dupla com o brasileiro Jaime Melo, numa Ferrari 430 da Virgo Motorsport, venceu na classe LMGT2. Bell levou o bi-campeonato, com 40 pontos, cinco a mais do que a dupla Alex Davison/ Marc Lieb.


53 mil espectadores compareceram ao autódromo inglês.


Final:


1 – Capello/Mcnish – (Audi R10 TDI) – Joest – 195 voltas em 5:40:24.86
2 – Mucke/Charouz – (Lola Aston Martin) – Charouz – 2 voltas
3 – Dumas/Boullion – (Pescarolo Judd) – Pescarolo – 4 voltas
4 – Premat/Rockenfeller – (Audi R10 TDI) – Joest – 4 voltas
5 – Van Merksteijn/Verstappen – (Porsche RS Spyder) – VM – 4 voltas
6 – Campbell-Walter/Hall – (Creation Aim) – Creation – 4 voltas
7 – Primat/Tinseau – (Pescarolo Judd) – Pescarolo – 5 voltas
8 – Ortelli/Ayari – (Courage-Oreca Jud) – Oreca – 6 voltas
9 – Lienhard/Theys/Lammers – (Porsche RS Spyder) – Horag – 8 voltas
10 – Amaral/Pla – (Lola AER) – ASM – 10 voltas
11 – Erdos/Newton – (Lola MG) – RML – 11 voltas
12 – Elgaard/Nielsen – (Porsche RS Spyder) – Essex – 11 voltas
13 – Hughes/Kane – (WF01 Zytek) – Embassy – 11 voltas
14 – Barbosa/Ickx/Hollings – (Pescarolo Judd) – Rollcentre – 12 voltas
15 – Ojjeh/Gosselin/Sharpe – (Zytek 07S) – Trading Perf. – 12 voltas
16 – Nicolet/Hein – (Pescarolo Judd) – Saulnier – 12 voltas
17 – Panis/Lapierre – (Courage-Oreca Jud) – Oreca – 12 voltas
18 – De Pourtales/Noda – (Lola Mazda) – Kruse – 13 voltas
19 – Lamy/Sarrazin – (Peugeot 908 Hdi-F) – Peugeot – 13 voltas
20 – Garcia/Enge – (Aston Martin DBR9) – Modena – 17 voltas
21 – Rusinov/Kox – (Lamborghini) – IPB Spartak – 18 voltas
22 – Goueslard/Moreau – (Corvette C6.R) – Alphand – 21 voltas
23 – Ragues/Lahaye – (Pescarolo Judd) – Saulnier – 21 voltas
24 – Hardman/Leventis/Turner – (Aston Martin DBR9) – Strakka – 22 voltas
25 – Nakano/Valles – (Epsilon Euskadi Judd) – Epsilon E – 23 voltas
26 – Bell/Melo – (Ferrari F430 GT) – Virgo – 23 voltas
27 – Lieb/Davison – (Porsche 997 GT3 R) – Felbermayr – 24 voltas
28 – Ehret/Kaffer/Beltoise – (Ferrari F430 GT) – Farnbacher – 26 voltas
29 – Coronel/Kelleners/Vasiliev – (Spyker C8 Laviolette) – Spyker – 27 voltas
30 – Ried/Felbermayr/Felbermayr – (Porsche 997 GT3 R) – Felbermayr – 33 voltas
31 – Kutemann/Basso /Gilbert – (Ferrari F430 GT) – JMB – 35 voltas
32 – Rostan/Petersen/Lueders – (Radical AER) – Radical – 35 voltas
33 – Van Der Merwe/Sugden/Outze – (Aston Martin Vantage) – JWA – 36 voltas
34 – Chiesa/Leuenberger – (Spyker C8 Laviolette) – Speedy – 37 voltas
35 – Manning/Foster – (WF01 Zytek) – Embassy – 39 voltas
36 – Aucott/Daoudi – (Ferrari F430 GT) – JMB – 50 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *