LMS: Bruno Senna chega em 3º nos 1.000 Km do Algarve

Segundo pódio do ano na Le Mans Series vem em parceria com Tiago Monteiro

Bruno Senna repetiu o resultado da estréia em Barcelona e voltou a subir ao pódio nos 1.000 Km do Algarve, terceira etapa da Le Mans Series. A prova noturna, encerrada no inicio da madrugada deste domingo no autódromo do sul de Portugal, foi vencida pelos franceses Jean Christophe Boullion e Christophe Tinseau, com um Pescarolo Judd da classe LMP1. Eles completaram as 215 voltas em 5h49min04s176.

Bruno correu em parceria com o português Tiago Monteiro com o esporte-protótipo Oreca LC70-AIM. Largou em terceiro, chegou a ocupar a segunda posição nas primeiras horas, mas acabou recebendo a bandeira quadriculada na mesma posição da partida. Com o resultado, manteve também a terceira colocação no campeonato de pilotos, agora com 12 pontos.

Apesar do crescimento de rendimento do carro da equipe francesa, Bruno acredita que o a classificação final refletiu os limites de suas possibilidades. “Estivemos bem mais competitivos do que nas corridas anteriores. No entanto, para vencermos, ainda precisamos trabalhar mais. Mantivemos um bom ritmo, mas talvez tenhamos sido um pouco conservadores em relação à estratégia, já que estávamos um pouco incertos sobre o comportamento dos pneus e acabamos perdendo algum tempo nas paradas de boxe”, explicou.

Bruno pilotou a maior parte do tempo. “Foi bastante cansativo, já que nesse tipo de prova, com quatro categorias diferentes, você está sempre procurando evitar uma batida e a todo o momento precisa se livrar do tráfego”, contou. Sobre a vitória do Pescarolo Judd, que nos treinos classificatórios havia ficado num modesto 7º lugar, Bruno foi só elogios. “Boullion e Tinseau andaram muito bem no trânsito e isso fez toda a diferença.”

A próxima etapa da Le Mans Series – os 1.000 Km de Nurburgring (Alemanha) – será disputada dias 22 e 23 deste mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *