LMS: Bruno Senna termina em 3º nos 1.000 Km da Catalunha

Mesmo com o carro rendendo menos que os dos principais rivais, Bruno Senna liderou o Courage-LC70 AIM da equipe Oreca a um excelente 3º lugar nos 1.000 Km da Catalunha, prova que abriu neste domingo o calendário da Série Le Mans em Barcelona (Espanha).

Em parceria com o monegasco Stéphane Ortelli, Bruno estreou em corridas de longa duração e colocou fim a um jejum de mais de seis meses desde sua última corrida oficial na Fórmula GP2 em setembro, quando assegurou em Monza o vice-título de 2008. A vitória foi do trio Stephan Muck/Tomas Enge/Jan Charouz, que dividiu o cockpit do Lola Aston Martin.

“Dentro de nossa realidade, acho que fizemos o possível”, comentou Bruno, satisfeito com o resultado de seu batismo na categoria. Sétimo colocado no grid, Bruno fez o turno inicial e voltou a assumir o volante no meio da corrida, quando foi ganhando as posições que permitiram ao companheiro garantir a presença da dupla no pódio. “Nosso carro ainda precisa ser mais desenvolvido. Na comparação das voltas mais rápidas, é dois segundos mais lento que o Lola Aston Martin, embora em ritmo da corrida a diferença caia para um segundo”, lembrou.

A participação em provas de resistência faz parte do programa de desenvolvimento que estabeleceu para este ano enquanto continua aguardando por uma oportunidade na Fórmula 1. Apesar das características diversas das modalidades de fórmula por onde passou, Bruno aprovou a experiência. “Foi bastante interessante. Dentro do espírito da prova, deu para me divertir bastante. Como eu já imaginava, o tráfego é complicado, principalmente quando você se aproxima de uma curva e encontra dois ou três carros mais lentos de outra classe. Nessas horas, tudo é absolutamente imprevisível”.

A Série Le Mans voltará a ser movimentada dia 10 de maio em Spa-Francorchamps, em nova prova com duração de mil quilômetros. Em um dos seus circuitos favoritos, Bruno utilizará a corrida como preparação às 24 Horas de Le Mans, programada para meados de junho em Paul Ricard.

Os 10 primeiros em Barcelona:

1 – Stephan Muck/Tomas Enge/Jan Charouz, Lola Aston Martin, 209 voltas em 6h00min05s674 (162,107 km/h)
2 – Jean-Christophe Bouillon/Christophe Tinseau, Pescarolo Judd, a 14s884
3 – Bruno Senna/Stéphane Ortelli, Courage Oreca LC70 AIM, 206
4 – Pierre Ragues/Franck Mailleux, Courage Oreca LC70 Judd, 206
5 – Danny Watts/Nick Leventis/Peter Hardman, Ginetta Zytek, 205
6 – Bruce Jouanny/João Barbosa, Pescarolo Judd, 203
7 – Andrea Piccini/Thomas Biagi/Bobbi Matteo, Lola B08/80 Coupé Judd, 201
8 – Olivier Pla/Miguel Amaral, Ginetta Zytek 09S, 201
9 – Giacomo Piccini/Andre Ceccato/Filippo Franconi, Lola B08/80 Coupé Judd, 195
10 – Stuart Moseley/Pierre Bruneau/Nigel Greensall, Radical SR9 AER, 193

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *