Mercedes-Benz Grand Challenge: Edson Júnior vence em Tarumã e Márcio Campos conquista o tri

Depois de cair dez posições ao se envolver em acidente com Cesare Marucci, Márcio Campos chega em sétimo e consegue o terceiro título da categoria

O piloto mineiro Edson Júnior venceu a oitava e última etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge, realizada neste domingo (3) no tradicional autódromo gaúcho de Tarumã em Viamão (RS). Neto De Nigris foi o segundo, seguido por Arnaldo Diniz. Márcio Campos, sétimo colocado na corrida, garantiu seu terceiro título na categoria.

Edinho, como é conhecido, assumiu a liderança da prova logo na primeira volta superando o pole position Márcio Campos, que visivelmente estava com uma estratégia cautelosa para chegar, no mínimo em quarto, caso seu adversário direto Neto de Nigris vencesse a prova. Era o que ele precisava para levar para casa o terceiro título consecutivo da Mercedes-Benz Grand Challenge. Mas na sétima volta, Campos começou a sentir que sua sorte havia mudado e a partir daquela hora ele teria que ser muito mais agressivo do que havia programado como estratégia. Um acidente com o C250 Turbo de Cesare Marucci, o piloto do Rio Grande do Sul caiu de terceiro para 13º lugar. Tentando se recuperar, Campos encontrou novas barreiras inusitadas: ficou espremido no muro dos boxes na tentativa de ultrapassagem e depois perdeu mais seis segundos na parada obrigatória nos boxes com um carro que parou para esperar completar os dois minutos obrigatórios nos boxes.

“Tem que ser batalhado mesmo para dar mais valor. Mas mesmo com tudo isso não perdi a esperança em momento algum”, contou o piloto que recebeu a bandeirada na sétima posição e empatou em pontos com seu adversário Neto De Nigris, com 125 pontos. O desempate para o título ficou pelo número de vitórias durante a temporada, três de Campos para duas de De Nigris. “Estou contente com o segundo título de vice-campeão e acho que foi mais uma boa temporada da categoria da Mercedes”, elogiou Neto de Nigris.

Com a vitória, a terceira no ano de sua estreia na Mercedes-Benz Grand Challenge, Edson Coelho Jr. terminou o campeonato na terceira posição e indiscutivelmente foi a revelação da temporada. “Eu estou muito feliz de estar entre pilotos que eu considero muito bons e isso me anima a fazer grandes planos para a temporada que vem”, comemorou o vencedor da prova.
Na categoria Master, o campeão foi Marcos Paioli com 137 pontos, seguido por Peter Gottschalk Júnior, com 123 e Leo de Nigris, terceiro com 114.

Fique por dentro de todos os detalhes do Mercedes-Benz Grand Challenge no site www.portalgt.com.br, além das mídias sociais oficiais @Portal_GT, @mercedesbenzgc, no twitter, @PortalGT, no instagram e www.facebook.com/portalgt.

Classificação da sétima etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge
1º) Edson Coelho Junior 45min12s966 – 34 voltas
2º) Neto de Nigris 17s854
3º) Arnaldo Diniz 24s390
4º) Rubens Tilkian 30s365
5º) Fernando Amorim Jr. 31s071
6º) Cesare Marucci 43s565
7º) Márcio Campos 44s850
8º) Linneu Linard 53s834
9º) Marcos Paioli 1min00s327
10º) Leo de Nigris 1min13s420
11º) Rafael Zappelini 33 voltas
12º) Betinho Sartori 33 voltas
13º) Beto Rossi 33 voltas
14º) Peter Gottschalk / Peter Gottschalk Jr. 33 voltas
15º) Tales Lombardi/Gustavo Marques 30 voltas

Abandonou a prova: Roberto Santos.

A classificação final do Mercedes-Benz Grand Challenge após oito etapas:
1º) Márcio Campos (RS/Sicredi Racing), 125
2º) Neto de Nigris (SP/Europamotors-Gramacho Racing), 125
3º) Edson Coelho Júnior (MG/RSports), 105
4º) Rubens Tilkian (SP/Dragão Motorsport),103
5º) Arnaldo Diniz Filho (SP/Dragão Motorsport), 67
5º) Cesare Marrucci (SP/WRacing), 67
7º) Fernando Amorim Júnior (SP/Fiolux-RSports), 65
8º) Marcos Paioli (SP/Paioli Racing), 55
9º) Léo de Nigris (SP/Europamotors-Gramacho Racing), 54
10º) Peter Gottschalk Júnior (SP/Paioli Racing), 47
11º) Peter M. Gottschalk (SP/Paioli Racing), 46
12º) Betinho Sartório (ES/Della Via Racing), 36
13º) Fernando Júnior (RS/WCR), 30
14º) Linneu Linardi (SP/Manelão Competições), 30
15º) Beto Rossi (SP/RSports), 29
16º) Rafael Zappelini (SC/ Rodoerre Racing), 25
17º) Roberto Santos (SP/Della Via Racing), 23
18º) Raphael Teixeira (GO/Rodoerre Racing), 14
19º) Humberto Santos (SP/RSports), 9
20º) Tale Lombardi (SP/Rsports Racing), 6
20º) Gustavo Marques (SP/Rsports Racing), 6
22º) Jorge Tamake Júnior (SP/Paioli Racing), 4
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *