Moto 1000 GP: Após acidente grave, Renan permanece na UTI

Piloto sofre grave acidente na abertura do Moto 1000 GP em Interlagos
Renan Alves permanece na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Grajaú e quadro clínico é estável

O paulista Renan Ricardo Valério Alves, 31 anos, sofreu um grave acidente durante o warm up para as provas deste domingo (10) do Moto 1000 GP, no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos. O piloto da equipe Sport Plus Racing passou direto no final da reta principal e bateu contra a proteção de pneus situada na curva Um do traçado antigo do circuito paulista.

Renan Alves foi atendido às 10h50 pela equipe do doutor Marcos Korukian, responsável pelo serviço médico do Moto 1000 GP. O piloto estava inconsciente durante todo o atendimento. Além de sofrer uma fratura no fêmur direito, teve um edema por conta de um traumatismo craneo-encefálico (TCE).

Korukian explicou que logo após ter sido colocado o colar cervical, foi iniciada a ventilação com bolsa-máscara e em seguida houve a aplicação da medicação para a sequência rápida de entubação do piloto. Imobilizado na prancha, Renan Alves foi encaminhado para o Hospital Grajaú, em condições já estáveis.

O médico responsável do Moto 1000 GP explicou que no hospital o piloto passou por tomografias de crânio, cervical, tórax, abdome e pelve, além de radiografias. Ainda neste domingo o piloto será avaliado pela equipe de trauma do hospital e encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *