MotoGP: Para Rossi, Toseland errou ao assinar com a Yamaha

Valentino Rossi deu mostras de pouco entusiasmo quanto à chegada de James Toseland à equipe Tech 3 Yamaha na Moto GP. Segundo Rossi, a estréia do inglês na categoria poderia ser mais bem-sucedida se o contrato assinado tivesse sido com uma equipe da Honda, e não com a satélite da Yamaha.

Toseland, de 27 anos, esteve cotado para correr com a Pramac d’Antin Ducati e para renovar com a Ten Kate Honda, com a qual foi campeão das Superbikes em 2007. Acabou optando pela chance de correr pelos franceses da Tech 3 Yamaha, onde dividirá as atenções com o experiente Colin Edwards – o que, segundo Valentino, foi um equívoco.


“Talvez Toseland tenha cometido um erro”, disse o italiano, em entrevista ao site britânico Motorcycle News. “Imagino que fosse melhor para ele correr com uma equipe que tivesse fornecimento da Honda”, completou o Doutor, apostando na continuidade do britânico e ressentido também com a montadora de sua atual equipe, a Fiat Yamaha.


Pessimista, o italiano aposta ainda que Toseland poderá acabar ofuscado pelos também estreantes Jorge Lorenzo, Andrea Dovizioso e Alex de Angelis. “Acho que Lorenzo e Dovizioso são os mais talentosos dos quatro”, disse Rossi, que novamente alfinetou sua fabricante. “Talvez Dovizioso tenha uma pequena vantagem, porque a Honda é mais pilotável que a Yamaha. Mas precisamos ver como a Honda de 2008 será”, disse.


Mesmo assim, Rossi evitou confronto com o novo colega de categoria, e fez votos à estréia de Toseland. “Fico feliz que ele vá correr pela Yamaha. Tenho certeza de que a moto irá melhorar, e de que ele poderá correr bem”, encerrou.


A estréia de Toseland na MotoGP acontece no dia 10 de março, na etapa do Catar. Será a primeira corrida em 48 anos de história da competição a ser realizada à noite.


Fonte: Gazeta Esportiva.Net


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *