MotoGP: Rossi garante: não sai da MotoGP antes de 2012

Os testes realizados por Valetino Rossi na Ferrari em 2006 não demoveram o italiano da idéia de permanecer na MotoGP. Segundo The Doc, não procedem os boatos de que ele iria para a Fórmula 1 em 2009, já que ele pretende continuar nas duas rodas pelo menos até 2012.

Rossi tem contrato para correr com a Yamaha até o final de 2008, mas já demonstrou anteriormente seu descontentamento com a montadora. O italiano já havia afirmado que aceitaria correr pelas equipes de ponta da Honda ou da Ducati, e até mesmo esteve cotado para competir na Fórmula 1 ou no Campeonato Mundial de rali.


Porém, perguntado se pensa em deixar a MotoGP, o piloto garantiu que não, e que pretende continuar na categoria “por, pelo menos mais cinco anos”. “Tenho 100% de certeza de que vou correr em 2009. Nunca pensei em sair, ou já teria feito isso em 2006”, disse Rossi, em entrevista à revista italiana Motosprint.


Aos 28 anos e com 62 vitórias no currículo, o carismático piloto italiano terminou o ano em terceiro lugar. Atualmente na Fiat Yamaha, Rossi perdeu o título dos dois últimos anos, e tenta dar a volta por cima no ano que vem com pneus Bridgestone.


Fonte: Gazeta Esportiva.Net


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *