Motovelocidade: Campo Grande abre neste sábado treinos da sétima e penúltima etapa do Brasileiro

Disputa segue acirrada nas categorias Supersport e 250cc. Provas
deste domingo podem definir os títulos da Superbikes e das 500cc.


Os pilotos do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade vão à pista neste sábado (14), no Autódromo Internacional de Campo Grande, para os treinos livres e classificatórios da sétima e penúltima etapa. As corridas de domingo (15) vão confrontar mais de 70 pilotos, representando um momento chave para a definição dos títulos das quatro categorias que ainda não têm seus campeões – duas delas deverão ter a disputa pelo título consumada já nesta etapa.

A categoria 125cc chega a Campo Grande com o título definido. Vencedor das seis provas já disputadas, Murilo Ribeiro é campeão. Na Superbikes 1.000cc, Gilson Scudeler depende do 12º lugar na corrida deste domingo para comemorar o título com antecipação de uma etapa. Nas 500cc, o líder mineiro Alecsandre di Grandi, que ganhou cinco corridas neste ano, serão bicampeão uma prova antes do término da temporada se terminar em décimo lugar.

Na categoria Supersport, a disputa é bem mais equilibrada. Murilo Pinhatti Colatrelli, com três vitórias nas seis etapas já disputadas, é o líder do campeonato com 108 pontos. Em segundo, com 97, está o paulista Bruno Corano, que ganhou uma corrida. O mineiro Philippe Thiriet, também vencedor de uma etapa, aparece em terceiro lugar, com 94. Danilo Andric, ainda sem vencer, é o quarto com 78 e completa a lista dos pilotos com chance de ficar com o título.

Corano é o único dos quatro candidatos ao título da Supersport que subiu ao pódio em todas as provas do Campeonato Brasileiro. Abriu a temporada com o terceiro lugar em Interlagos, foi quarto em Santa Cruz do Sul, venceu em Campo Grande, ficou em quinto em Curitiba e obteve dois terceiros lugares, no retorno da categoria a Interlagos e Santa Cruz do Sul. Ele e Andric defendem o Team Scud, mesma equipe de Scudeler, líder das Superbikes.

Nas 250cc, o brasiliense William Pontes Marinho de Andrade, que não venceu nenhuma corrida, lidera o campeonato com 112 pontos. Tem cinco a mais que o vice-líder paranaense Fábio Peasson, atual campeão e vencedor de duas etapas em 2006. O mineiro Marciano Santin, que obteve três vitórias, aparece em terceiro lugar na classificação do campeonato, com 91 pontos. A disputa pelo título está restrita a esses três pilotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *