Velocidade na Terra: SR Competições entra com confiança e otimismo na fase final do paranaense

Entre bons resultados e quebras, a equipe SR Competições sai da sétima etapa com sede de mais vitórias e de títulos.


Um vitória, um pódio e duas quebras. Esse foi o resultado da sétima etapa do Campeonato Paranaense de Velocidade na Terra para a Equipe SR Competições. Um resultado que não representa a competência dessa equipe, que atualmente tem dois pilotos disputando títulos em duas categorias (Novatos e Marcas) e um piloto na briga pelo vice-campeonato na categoria Turismo.

Na categoria Novatos, o líder do campeonato Stive Tokarski foi imbatível. Largou na pole e mesmo sendo muito pressionado pelo segundo e terceiro colocados, manteve sua regularidade e venceu a bateria de ponta a ponta. “Mais um vez não foi uma vitória fácil. Apesar de liderar toda a bateria, sofri muita pressão dos adversários, mas consegui manter a concentração, não errar e vencer a bateria”, comenta Stive após a bandeirada. Com a vitória, Stive aumentou sua liderança na tabela de pontos, mas não se diz estar tranquilo. “Vou continuar no mesmo ritmo até o final do campeonato, quero continuar vencendo e conquistar o título da Novatos”, diz o piloto do Gol 03.

Outro piloto que corre na Novatos, mas que não teve uma boa etapa, é Henri José Bot. Henri, após quase um ano afastado, retornou as pistas de terra a duas etapas atrás, e vem desenvolvendo seu novo carro. Largando da sexta colocação, Henri manteve sua posição durante os minutos inicias da bateria, mas um toque de um adversário o fez perder 4 posições. Na tentativa de recuperar as posições perdidas, Henri acabou tendo seu pneu furado em uma disputa por posição e abandonou a bateria. Após voltar aos boxes, Henri comentou que “foi uma pena o toque e o pneu furado, sabia que tinha carro para recuperar as posições e chegar entre os três primeiros”. Mesmo chateado pelo abandono na sétima etapa, Henri fala que “vamos continuar desenvolvendo o carro esse ano, para ano que vem entrar com tudo na briga pelo título”.

Já na categoria Turismo, o representante da SR Competições é Ivan Lucio, com o Gol 07. Ivan largou da oitava posição, e mesmo muito pressionado no inicio da bateria, conseguiu abrir uma distância segura dos adversários, e beneficiado por duas quebras de concorrentes que estavam a sua frente, terminou a bateria na sexta colocação. “Não tenho mais chances de conquistar o título esse ano, mas vou em busca do vice campeonato da categoria Turismo. Sabemos que temos equipamento para isso e esse será meu objetivo”, comenta Ivan.

Na categoria Marcas o piloto Amauri Lisboa também teve problemas. Tendo marcado o terceiro tempo para o grid de largada, o Gol de Amauri apresentou problemas de alimentação na volta de alinhamento, obrigando a equipe SR Competições a realizar a troca do carburador instantes antes da largada. Largando dos box, Amauri fez uma excelente corrida de recuperação, já recuperando 5 posições nas primeiras voltas da corrida. Mantendo esse ritmo, Amauri já ocupava a quarta colocação, quando seu motor apresentou perda da rendimento, forçando o piloto a abandonar a bateria. “Mesmo com o abandono, continuo na briga pelo campeonato, e vamos trabalhar para conquistar ele nessas duas últimas etapas”, diz o piloto.

A próxima etapa do Paranaense de Velocidade na Terra será disputado dias 11 e 12 de novembro, na cidade de Ponta Grossa – PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *