Motovelocidade: Scudeler pode estrear nova moto Honda na terceira etapa

Teste de componentes eletrônicos poderá decretar na sexta-feira a decisão do líder da temporada de estrear versão 2008 da CBR 1000RR.

As provas da terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, domingo (29) no Autódromo Internacional de Campo Grande, poderão marcar para Gilson Scudeler a estréia de uma nova motocicleta. Líder isolado e invicto da categoria Superbike, o paulista do Team Scud Petrobras testou o modelo 2008 da Honda CBR 1000RR durante três dias, de domingo (22) a terça-feira (24), e viu no equipamento um bom potencial para desenvolvimento.

“Na verdade, por se tratar de uma moto completamente nova, ainda sem o devido desenvolvimento para competição, ela está um pouco mais lenta que as 2006/2007 que a gente tem utilizado”, ponderou Scudeler, que constatou perda de um segundo e dois décimos por volta. “Por outro lado, essa nova moto nos dá um potencial muito grande para evolução, enquanto a antiga chegou praticamente ao limite da margem para desenvolvimento”, comparou.

Scudeler, nos testes em Campo Grande, empreendeu uma tentativa para aumentar o rendimento do modelo com que ganhou as quatro primeiras corridas do ano. “Fizemos algumas modificações que acabaram interferindo diretamente na confiabilidade. O resultado é que o motor simplesmente explodiu durante o treino”, contou. “Até por isso, começamos a considerar ainda mais a possibilidade de, já nas corridas de domingo, utilizarmos o novo modelo”.

O Team Scud Petrobras trabalha na montagem de um novo motor para a moto antiga e aguarda a chegada, ainda nesta semana, de itens eletrônicos que o líder da Superbike espera testar nos treinos livres de sexta-feira (27). “O material pode melhorar o desempenho da nova moto em um segundo por volta”, atestou o piloto. “Se isso acontecer, teremos atingido um bom nível de competitividade e poderemos contar com a confiabilidade do modelo 2008”.

Caso o ganho de rendimento seja confirmado, Scudeler, que tem em suas motos as logomarcas de Petrobras, Podium, Honda, GP Lubrax, Shark, Leo Vince, Arlen Ness, TCX, Afam, Puig, Samacar, Ferodo, Braking, Luna e Calfin, admite a inscrição do modelo antigo, mais veloz, para os treinos classificatórios de sábado (28), reservando a unidade da versão 2008 para as duas provas de domingo. “Mas tudo ainda vai depender dos testes de sexta-feira”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *