Mundial de Rali: Palmeirinha pode se despedir da BMW no Rally da Tunísia

Prova abre o torneio da FIA, que neste ano incluí o Rally Internacional dos Sertões.

O Campeonato Mundial de Rali Cross Country da FIA terá início nesta quarta-feira (23/04) com a realização do prólogo do Rally da Tunísia. O Brasil será representado pelo piloto Paulo Nobre, o Palmeirinha (Itaú Private Bank), que competirá ao lado do navegador português Filipe Palmeiro. Nobre correrá com uma BMW X3 da equipe oficial da montadora alemã na modalidade, a New Dimension X-Raid. A prova pode marcar o fim da parceria de dois anos entre o brasileiro e os alemães em virtude dos desdobramentos do cancelamento do Rally Lisboa-Dakar, em janeiro deste ano.


“A não realização do Dakar ainda esta causando problemas. A X-Raid ainda não chegou a uma fórmula de compensar a Palmeirinha Rally pelos prejuízos de não ter corrido a maior prova do mundo. Mas graças ao nosso manager George Waddell, “o Alemão”, postergamos a discussão para maio para ver se a parceria entre a equipe alemã e a Palmeirinha Rally continua”, explicou Palmeirinha.


Apesar da possibilidade real de deixar a X-Raid, Paulo garante estar focado em obter um bom resultado. “Essa pode sim ser nossa última prova com a BMW. É uma pena mas é a realidade dos fatos! Mas o negócio é que, uma vez iniciada a prova vou me abster de todos os problemas extra rali e aproveitar ao máximo essa corrida na Tunísia, que é muito técnica e esse ano está bem maior que o normal”, disse.


O prólogo do Rally da Tunísia será realizada em solo francês, na cidade de Marselhe e terá um percurso de 2,5 km que definirá a ordem de largada da competição. A prova terá dez dias de duração com 4.123 km de extensão e passará além da França e da Tunísia, também pela Líbia.


Na Tunísia, mas de olho nas finais do Paulistão – Palmeirinha disputará sua primeira prova em 2008, mas estará de olho nos acontecimentos que envolvem o Palmeiras na final do Campeonato Paulista de Futebol, contra a Ponte Preta. “Sem dúvida nenhuma meu coração estará com o time do Palmeiras, que após despachar os “bambis” neste domingo, agora terá partida muito mais difícil com a Ponte nas finais. Só estou indo para essa prova porquê consegui uma autorização da FIA para não ir a entrega de prêmios do Rally da Tunísia e assim conseguir chegar no dia 4 de maio a tempo para o jogo final!”, contou o piloto palmeirense.


O calendário do Campeonato Mundial de Rali Cross Country (fonte FIA):
23/04 – 02/05 – Rally da Tunísia
20/05 – 25/05 – Rally Transibérico – Espanha/Portugal
16 – 27/06 – Rally dos Sertões
25 – 31/10 – Desert Challenge – Emirados Árabes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *