Outras: Campeonato Paulista de Automobilismo encerra sua temporada neste final de semana

Fórmula São Paulo, a única categoria de monopostos, tem forte briga pelo título e vem revelando jovens valores para a Fórmula Renault e Fórmula 3.

A última etapa do Campeonato Paulista de Automobilismo, que será realizada no Autódromo de Interlagos (SP), traz consigo o encerramento da temporada de nada menos que nove categorias. Realizada nos dias 1, 2 e 3 de dezembro, a 11ª rodada contará com disputas pelo título de várias delas, inclusive da Fórmula São Paulo, a única de monopostos e que é a primeira escola para os jovens no automobilismo.


Candidatos a levar o título de campeão da Fórmula São Paulo, os cariocas Leonardo Otero (Administradora Nacional) e Fabio Orsolon (Unimed/Cabo Frio/Alpie) prometem travar uma acirrada disputa pelo título, como na etapa anterior, quando receberam a bandeirada de chegada separados por apenas 12 milésimos de segundo. No entanto, com a preocupação em pontuar bem e ao mesmo tempo não assumirem maiores riscos, ele podem não estar contando com a reação dos outros adversários que estão evoluindo a cada etapa.


Estreando no automobilismo apenas na terceira etapa do campeonato paulista, o mineiro Victor Corrêa (Unifenas/Flash Power) pretende surpreender, utilizando novamente o novo chassi montado pela Alpie Competições, que permitiu que ele andasse em terceiro na última prova disputada, pressionando justamente os dois postulantes ao título. Com o final de sua primeira temporada no automobilismo, o piloto de 16 anos pretende carimbar a faixa de quem quer que seja o campeão. “Tive um bom aproveitamento ao longo do ano, aprendi muito, e se tiver a chance de brigar pela vitória, vou lutar para fechar o ano bem”, declara o jovem talento da cidade de Alfenas, sul de Minas Gerais.


Mesmo não participando das duas primeiras etapas da Fórmula São Paulo, Victor realizou oito corridas e subiu ao pódio cinco vezes, sofrendo três quebras nas corridas em que não esteve na comemoração. “Esta regularidade agora deve se converter em vitórias, pelo menos para a próxima temporada, onde pretendo disputar o título”, planeja o piloto da Unifenas/Flash Power.


O Campeonato Paulista de Automobilismo conta com as categorias Super Classic, Classic Principal, Força Livre, Marcas & Pilotos, Stock Paulista, Spyder Race, Copa Fusca, CTC Pick-Up e a Fórmula São Paulo. Todos os monopostos da Fórmula São Paulo utilizam chassi Techspeed equipados com motor AP 1.8, com 135 cavalos de potência, que chegam a 220 km/h. O câmbio utilizado é o Hewland, o mesmo usado na Fórmula 3 Sul-Americana. Para deixar a disputa com maior igualdade, há apenas um preparador de motores para todos os competidores.


Confira a programação completa para o fim de semana do Campeonato Paulista de Automobilismo:


Sexta feira (01/12), Treinos:
Fórmula Alpie – 08h00 às 08h30
Super Classic – 08h40 às 09h10 / 13h00 às 13h30
Fórmula São Paulo – 09h20 às 09h50 / 13h40 às 14h10
CTC Pick Up / Marcas & Pilotos – 10h00 às 11h00 / 14h20 às 15h10
Classic Princ. / F. Livre / Stock Paul. – 11h10 às 12h10 / 15h20 às 16h10
Spyder Race – 12h20 às 12h50 / 16h20 às 16h50
Copa Fusca – 17h00 às 18h00


Sábado (02/12), Classificações / Corridas:
Fórmula Alpie – 08h00 às 08h25 / 13h20 – 25 Min.
Super Classic – 08h35 às 09h00 / 14h20 – 30 Min.
Fórmula São Paulo – 09h10 às 09h35
Marcas – 09h45 às 10h30
Classic P. / F.Livre – 10h40 às 11h05
Stock Paulista – 11h15 às 11h40
CTC Pick Up – 11h50 às 12h15
Spyder Race – 12h25 às 12h50
Fusca – 16h00 às 16h25


Domingo (3/12), Corridas:
Fórmula São Paulo – 09h00 – 18 Voltas ou 35 Min
Marcas & Pilotos – 10h00 – 1a.Bat. 12 Voltas ou 30 Min
Spyder Race – 11h00 – 1a.Bat. 15 Voltas ou 30 Min
CTC Pick Up – 12h00 – 30 Min. + 2 voltas
Marcas & Pilotos – 13h00 – 2a.Bat. 12 Voltas ou 30 Min
Spyder Race – 14h00 – 2a.Bat. 15 Voltas ou 30 Min
Stock Paulista – 15h00 – 19 Voltas ou 40 Min
Copa Fusca – 16h00 – 19 Voltas ou 40 Min


Depois de dez etapas, o Campeonato Paulista de Fórmula São Paulo está assim:
1) Leonardo Otero (RJ), 121;
2) Fábio Orsolon (RJ), 120;
3) Allisson Paulinely Silva (SC), 96;
4) Ricardo Zappelini (SC), 85;
5) Rodrigo Barbosa (SP), 77;
6) Victor Corrêa (MG), 48;
7) Paulo Meyer (SP), 34;
8) Leonardo Zappelini (SC), 30;
9) Fernando Rodrigues (SP), 26;
10) Rodolpho dos Santos (GO), 19;
11) Vinicius Mauri (SP), 16;
12) André Gouvêa (SP), 15;
13) Denis Navarro (SP), 12;
13) Adriano Buzaid (SP), 12;
15) Rodrigo Gualberto (MG), 8.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *