Outras: Companheiro de João Paulo bate e dupla termina em 12º

Um público de 54.300 pessoas prestigiou em plena quinta-feira (04/5) os 500 Kms de Fuji, terceira etapa do Campeonato Japonês de Super GT, e pôde comemorar a primeira vitória da dupla formada pelo japonês Naoki Hattori, ex-piloto de Fórmula Indy, e o irlandês Peter Dumbreck, que garantiram o segundo sucesso da Toyota na temporada. O brasileiro João Paulo de Oliveira entregou o seu Nissan Fairlady Z na quarta posição para o seu companheiro Naoki Yokomizo, que acabou batendo em um carro mais lento, faltando apenas cinco voltas para o término da competição.

“Foi uma infelicidade muito grande. Éramos o melhor Nissan da corrida e iríamos subir no pódio em terceiro. Fazer o que, é coisa de corrida de carro, vamos partir pra próxima”, desabafou o paulista, que despencou da sexta para a 11ª posição no principal campeonato multi-marcas do Japão.

Largando do décimo posto, João Paulo foi subindo de posições mesmo com o seu carro não apresentando um bom rendimento. Como ele estava constante e fazendo boas ultrapassagens sobre os adversários e retardatários, a equipe o deixou percorrer o limite de 70 voltas. “Entreguei o carro ao Yokomizo em quarto e já esperávamos subir no pódio em terceiro, pois o piloto da frente sofreu uma punição nas voltas finais. E naquele momento, éramos o melhor Nissan na prova”, contou João Paulo. Só que o piloto japonês encontrou um carro da categoria GT 300 pela frente, que normalmente é cerca de 11 segundos mais lento do que os da classe GT 500, bem na saída de uma curva rápida, e acabou batendo e quebrando o câmbio com a violência do acidente, faltando apenas cinco voltas para a bandeirada.

Outras duplas importantes que abandonaram a competição foram os pole positions Yuji Tachikawa / Toranosuke Takagi (Toyota SC), após apenas onze voltas, e Ryo Michigami / Takashi Kogure (Honda NSX), líderes do campeonato, na 58ª passagem, que mesmo assim mantiveram a ponta do certame, com 38 pontos, 10 a mais que Juichi Wakisaka / Andre Lotterer (Toyota SC). João Paulo de Oliveira / Naoki Yokomizo (Nissan Fairlady Z) caíram de sexto para a 11ª posição, com 13 pontos.

A próxima etapa do Campeonato Japonês de Super GT será realizada no dia 25 de junho, em Sepang, na Malásia. Antes, João Paulo vai participar dos testes coletivos da categoria em Sugo, nos dias 22 e 23 de maio.

O resultado da Fuji 500 Kms foi:
1 – 35 Naoki Hattori / Peter Dumbreck (Toyota SC), 110 voltas em 3h02min12s445;
2 – 6 Akira Iida / Tatsuya Kataoka (Toyota SC), a 5s285;
3 – 23 Satoshi Motoyama / Tsugio Matsuda (Nissan Z), a 30s964;
4 – 12 Benoit Treluyer / Kazuki Hoshino (Nissan Z), a 33s164;
5 – 25 Manabu Orido / Takeshi Tsuchiya (Toyota Supra), a 40s447;
6 – 32 Loic Duval / Hideki Mutoh (Honda NSX), a 44s267;
7 – 8 Daisuke Ito / Ralph Firman (Honda NSX), a 54s667;
8 – 36 Juichi Wakisaka / Andre Lotterer (Toyota SC), a 55s436;
9 – 22 Michael Krumm / Sakon Yamamoto (Nissan Z), a 1min13s803;
10 – 24 Erik Comas / Masataka Yanagida (Nissan Z), a 1 volta;
11 – 66 Andre Couto / Katsuyuki Hiranaka (Toyota Supra), a 3 voltas;
12 – 3 João Paulo de Oliveira / Naoki Yokomizo (Nissan Z), a 5 voltas.

A classificação do Campeonato Japonês de Super GT500 está assim:
1 – 18 Ryo Michigami / Takashi Kogure (Honda NSX), 38 pontos;
2 – 36 Juichi Wakisaka / Andre Lotterer (Toyota Lexus SC430), 28;
3 – 23 Satoshi Motoyama / Tsugio Matsuda (Nissan Fairlady Z), 26;
4 – 100 Sebastien Philippe / Shinya Hosokawa (Honda NSX), 24;
4 – 8 Daisuke Ito / Ralph Firman (Honda NSX), 24;
6 – 35 Naoki Hattori / Peter Dumbreck (Toyota SC), 23;
7 – 6 Akira Iida / Tatsuya Kataoka (Toyota Lexus SC430), 20;
8 – 1 Yuji Tachikawa / Toranosuke Takagi (Toyota Lexus SC430), 19;
9 – 12 Benoit Treluyer / Kazuki Hoshino (Nissan Fairlady Z), 16;
10 – 22 Michael Krumm / Sakon Yamamoto (Nissan Fairlady Z), 15;
11 – 3 João Paulo de Oliveira / Naoki Yokomizo (Nissan Fairlady Z), 13;
12 – 25 Manabu Orido / Takeshi Tsuchiya (Toyota Supra), 11;
13 – 32 Loic Duval / Hideki Mutoh (Honda NSX), 5;
14 – 24 Erik Comas / Masataka Yanagida (Nissan Fairlady Z), 4;
15 – 66 Andre Couto / Katsuyuki Hiranaka (Toyota Supra), 4 pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *