Outras: Equipe TSM Motorsports teve estréia complicada

A equipe TSM Motorsports fez a sua estréia no automobilismo participando da segunda etapa da Copa Fusca, que dividiu a pista do Autódromo Internacional de Tarumã com a Fórmula 1.6 e a Fórmula Sul.

O trabalho da equipe começou no dia 03/06 com os primeiros acertos do carro, já que foi a primeira vez que ele foi à pista. O “shakedown” do Fusca 55 foi bom, a equipe teve apenas um contratempo com uma peça que quebrou mas foi substituída.

“Acabamos andando pouco na quinta-feira, mas pudemos perceber que o carro tem potencial. Precisamos de mais tempo para acertar o carro e colocar ele na disputa por posições”, comentou Luis Fernando Silva, chefe da equipe.

No sábado a equipe foi a primeira a entrar na pista para o primeiro treino e logo o carro se mostrou melhor do que na quinta-feira, com isso o carro começou a render mais e a equipe descobriu uma pequena falha na carburação fazendo o carro motor perder rendimento quando está trabalhando em altas rotações, mesmo assim a equipe conseguiu tempos satisfatórios no final da manhã e inicio da tarde.

No domingo a equipe teve diversos problemas, como a quebra do cambio na tomada de tempo, mas com a ajuda dos outros pilotos da categoria, conseguiu colocar o carro para completar a prova, mas um problema no freio obrigou a equipe a abandonar a etapa.

O time contou com o apoio do cantor e compositor Daniel Rizzi, que esteve presente durante todo o final de semana no Box da equipe, dando apoio e acompanhando de perto o trabalho. Sites Curva1.com , Velocidade Sul.com e GF Lavagem.

A equipe gostaria de agradecer publicamente a todos os pilotos da categoria, que ajudaram e deram força para que a equipe conseguisse trocar o cambio a tempo de participar da primeira bateria, mas em especial aos pilotos Jair Régio, Daniel Oliveira e equipe, Carlos Guizzo e esposa, Norberto Martins e Rogério Baretta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *