Outras: Muito equilíbrio e mais quatro vencedores no Paulista de Marcas

A segunda rodada do Campeonato Paulista de Marcas e Pilotos que aconteceu neste domingo, com a realização da 3ª e 4ª etapas do torneio, foi marcada por um equilíbrio muito grande. Nada menos que quatro diferentes pilotos voltaram a comemorar vitórias no Autódromo José Carlos Pace (Interlagos).


O dia foi marcado pelas altas temperaturas, que os termômetros registraram na casa dos 35ºC. Com o sol aquecendo o circuito e a pele, o público compareceu em um bom número no circuito paulista, para prestigiar as disputas. Para primeira corrida da programação do Paulista de Marcas, os carros foram para pista puxados pelo carro madrinha, que foi um Smart.

O micro carro, que custa a bagatela de 18 mil euros (aproximadamente R$ 46.000,00), atraiu a curiosidade de todo público presente. As perguntas eram sempre que motor usa, quanto custa, se tem bom desempenho, e onde encontra um igual para comprar. Passada a novidade vamos para pista.

De cara o pole position, Ricardo Kraft, é obrigado a recorrer aos boxes ainda antes da largada com seu carro falhando por excesso e combustível, Ao se apagarem as luzes, Ralf Krause, aproveita que não tem o adversário a sua frente e assume a liderança, seguido de Zigomar Farias, Marcio Gonzales, Renato Rattes e Carlos Vallone, que liderava na Light.

O primeiro a deixar a disputa foi Zigomar Farias, que abandonou a corrida na quarta volta, com problemas no seu carro. Ralf seguia ampliando sua vantagem, ao passo que Vallone conseguia ultrapassar e escapar de Rattes. Kraft fazia uma prova de recuperação, mas com forte resistência dos que iam à sua frente. Perto do final Krause tinha uma grande vantagem, com Gonzales também tranquilo em segundo, mas a terceira posição era disputada à “tapa” por Vallone, Rattes, Cesare Marrucci e Ney Galvão.

No final vitória até certo ponto tranquila de Ralf Krause, escoltado por Marcio Gonzales. Vallone foi o terceiro no geral e vencedor na Ligth, com Renato Rattes e Cesare Marrucci completando o pódio.

A quarta etapa foi uma repetição da anterior em disputas, com Ralf Krause pulando na frente na largada, com Carlos Vallone que deu uma grande largada assumindo o segundo lugar. Na segunda passagem a ordem era Krause, seguido por Edgar Amaral, que corre em dupla com Marcio Gonzales, Ricardo Kraft e Carlos Vallone.

Destaque ainda para as corridas de recuperação de Zigomar Farias e Charles Sartori, que tiveram problemas na 3ª etapa. Sartori inclusive vem se destacando na Light, já que mesmo ainda não tendo uma temporada completa, tem feito grande apresentações e mostrado uma grande evolução. Sartori estreou ano passado na categoria, sem jamais ter corrido de qualquer modalidade no automobilismo anteriormente.

Carlos Louro, Ney Galvão e Charles Sartori empolgavam o público, passando seguidas vezes lado a lado por toda reta dos boxes, e controlando brilhantemente seus carros na freada do Esse do Senna. Lá na frente, Ralf passava a ser ameaçado insistentemente por Edgar Amaral, que por sua vez estava na “alça de mira” de Kraft. Zigomar Farias já era o quarto e se aproximava do trio que ponteava.

Na sexta volta em uma manobra arrojada e técnica , Edgar Amaral retardou a freada no Esse do Senna e se postou por fora para ultrapassar Ralf Krause. A ultrapassagem arrancou aplausos do público, pela beleza plástica, e pela lisura de Krause, que não deixou o carro escorregar para impedir a ultrapassagem.

Kraft tentou pegar uma carona na manobra para pular para segundo, mas Ralf se defendeu, e Zigomar entrou de vez na briga. Na última volta Kraft ainda tentava ganhar a segunda colocação, mas Zigomar o supreendeu no miolo do circuito e assumiu o terceiro lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *