Outras: Primo de Felipe Massa volta às pistas no Trofeo Linea

Campeão brasileiro de Palio em 1998, Luizito Massa correrá pela equipe Sinal Greco

Campeão brasileiro de Palio em 1998, ano em que o primo Felipe apenas engatinhava numa vitoriosa carreira que o conduziria até à Ferrari, Luizito Massa será uma das atrações da estreia do Trofeo Linea, a categoria de turismo que integra o Racing Festival juntamente com a Fórmula Future Fiat e a Hornet Super Sport 600 (motos). O calendário, composto de 12 etapas em seis rodadas duplas, será aberto nos dias 28, 29 e 30 deste mês no Autódromo Internacional Nelson Piquet, no Rio de Janeiro.

Aos 33 anos, Luizito interrompe um hiato de oito temporadas longe das pistas para ser companheiro de Antonio Jorge Neto na equipe Sinal Greco. Atualmente residindo em Florianópolis, onde é proprietário de uma empresa que fabrica e aluga banheiros químicos, o piloto paulista comemora o fim do recesso do automobilismo. “Na verdade, só não estava correndo por falta de oportunidade. O Trofeo Linea já havia chamado minha atenção. Quando o Fábio Greco me convidou para entrar na equipe, aceitei na hora”, explicou Luizito, que disputou o último campeonato regular na Stock Car Light em 2002.

Luizito está tão ansioso pelo início do campeonato que nem esperou pelos treinos extras, marcados para dia 27 no próprio circuito de Jacarepaguá, para voltar a vestir o macacão. Há duas semanas, participou de uma prova do Campeonato Paulista de Turismo na categoria força livre. “Foi um ótimo treino. Andei com um carro com cerca de 200 cavalos, potência menor mas já próxima do Linea de competição”, disse.

O Trofeo Linea está atraindo alguns dos maiores astros do automobilismo nacional, como Cacá Bueno e Giuliano Losacco, respectivamente tri e bicampeão da Stock Car. A companhia de pilotos desse calibre não assusta Luizito. “Andei na frente em todas as categorias por onde passei. Foi assim quando corri de Uno, Palio e no Europeu de Clio”, lembrou. Sobre o parceiro de equipe, outro nome com grande experiência, Luizito é só elogios. “Neto é ótimo piloto e uma grande pessoa. Acho que vamos nos entrosar facilmente.”

Luizito já correu em Jacarepaguá, mas ainda não conhece o traçado mutilado para as obras do complexo que abrigou competições de natação, ciclismo e ginástica olímpica dos Jogos Pan-Americanos de 2007. Depois da intervenção, o traçado perdeu grande parte das características que o transformavam num dos preferidos dos pilotos e foi reduzido para apenas 3.336 metros de comprimento. A última lembrança, no entanto, não poderia ser melhor. “Venci uma corrida de Uno em que larguei em segundo e a pole foi do Popó Bueno.”

Na avaliação de Luizito, o Trofeo Linea será pautado pela igualdade. “Acredito que o campeonato será bastante equilibrado. A categoria me parece financeiramente mais justa do que outras séries monomarca e isso deve impedir o predomínio das equipes que disponham de mais dinheiro. O papel do piloto, portanto, será ainda mais importante.”

O Racing Festival, apresentado pelo Banco Santander e Fiat, tem patrocínio da Shell, co-patrocínio da Pirelli e FPT e realização da RM Racing Events.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *