Pick-Up: Categoria terá etapa no melhor estilo “Nascar Truck”

Para Felipe Lapenna, provas deste domingo em Santa Luzia serão um espetáculo para o público. Circuitos curtos são novidade para os padrões do automobilismo brasileiro, mas são comuns na categoria de picapes mais badalada dos EUA.

Corridas em circuitos curtos e totalmente iluminados como os de Santa Luzia, na região Metropolitana de Belo Horizonte (MG), podem ser novidade para os padrões do automobilismo brasileiro. Mas são comuns no país que inspirou a atual configuração da Copa Nextel Stock Car e da Copa Web Motors Pick-up Racing: os Estados Unidos.
 
Pistas com cerca de 1.600 metros de extensão são uma característica do automobilismo norte-americano, e costumam servir de pano de fundo para grandes espetáculos de categorias como a Nascar e a Nascar Truck, a categoria de picapes mais badalada daquele país.
 
Em virtude da semelhança entre a estréia da Pick-up Racing em Santa Luzia e algumas das provas mais disputadas da série americana de utilitários – como as de Dover (1609 metros), Memphis (1.200 metros) e Bristol (900 metros) –, a corrida deste domingo deverá ser um espetáculo para o público mineiro, que pela primeira vez receberá uma etapa de uma série nacional de automobilismo.
 
A opinião é do piloto paulista Felipe Lapenna (WebMotors), um dos pilotos mais experientes no grid de largada da segunda etapa da temporada. Campeão Brasileiro de Fórmula Renault, Lapenna faz sua estréia este ano em categorias de turismo, e impressionou pela boa performance nas pistas de São Paulo, Curitiba e Brasília.
 
“Acredito que a prova deste fim de semana seja um espetáculo à parte na temporada de 2008 da Pick-up Racing, e por isso todos os pilotos estão aguardando com ansiedade a estréia do circuito de Santa Luzia”, declarou Lapenna. “Para os brasileiros esta corrida será uma novidade, mas no calendário da Nascar Truck são nove provas em pistas com menos de 1.600 metros de extensão”, salientou o piloto.
 
A categoria norte-americana serviu de inspiração para a criação da nova Pick-up Racing, que neste ano passou a ser disputada por carros que seguem o mesmo conceito da Stock Car. As novas picapes são praticamente carros da Copa Vicar, já que possuem o mesmo chassi, câmbio, motor e diferencial.
 
As diferenças principais entre as categorias irmãs estão na potência do propulsor, reduzida em cerca de 30 cavalos para as picapes, e na bolha de fibra de vidro inspirada nos modelos S-10, da Chevrolet, e L200, da Mitsubishi.
 
“Na Nascar Truck as provas em circuitos curtos atraem muita gente, e são sempre em pistas ovais com três ou quatro curvas. Em Santa Luzia vamos encarar um circuito misto, com duas curvas para a direita e quatro para a esquerda. O grid todo deve andar muito próximo e não me surpreenderia o fato de alguns milésimos de segundo definirem as posições não só no treino classificatório, mas também nas corridas”, avaliou Lapenna.
 
A programação para a segunda etapa da Copa Web Motors Pick-up Racing é a seguinte:
 
Sexta-feira, 6 de junho
08:45 – 09:30 – Treino Extra (Grupo 1)
09:40 – 10:25 – Treino Extra (Grupo 2)
14:00 – 14:45 – 1º Treino Livre (Grupo 1)
14:55 – 15:40 – 1º Treino Livre (Grupo 2)

Sábado, 7 de junho
08:30 – 09:15 – 2º Treino Livre (Grupo 1)
09:25 – 10:10 – 2º Treino Livre (Grupo 2)
12:20 – 13:05 – Treino Classificatório (Grupo 1)
13:15 – 14:00 – Treino Classificatório (Grupo 2)
15:30 – 16:30 – Visitação aos Boxes (credenciados)

Domingo, 8 de junho
1ª Bateria Classificatória
10:20 LARGADA
10:45 CHEGADA

2ª Bateria Classificatória
11:15 LARGADA
11:40 CHEGADA

2ª etapa (valendo pontos para o Campeonato)
13:03 LARGADA
13:33 CHEGADA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *