Pick-Up: Com abandono do líder na etapa deste domingo, oponentes começam a sonhar com título

O que parecia improvável aconteceu. Depois de um início arrasador, com três vitórias e um terceiro lugar, nas quatro corridas disputadas em 2006, o piloto gaúcho Cláudio Ricci abandonou a 5ª etapa do Campeonato Brasileiro de Pick-up Racing, disputada no Autódromo Internacional de Curitiba neste domingo (17), com problemas de embreagem. O catarinense Marcel Wolfart aproveitou para conquistar sua primeira vitória na categoria. Eduardo Heinen, Franco Stedile, Kau Machado e Nelson Bazzo completaram o pódio.


O prenúncio de que o final de semana seria diferente dos anteriores foi a forte chuva que caiu no sábado, tornando a tomada de tempos uma loteria. Ricci garantiu a pole position na última volta do treino classificatório, superando Wolfart por menos de um décimo de segundo. Mas, no domingo, foi ultrapassado logo na largada por Wolfart. Depois de duelarem por algumas voltas e se revezarem na ponta, o líder da temporada foi para fora da pista por causa de uma poça de óleo e deixou a prova com problemas mecânicos.


Se Wolfart seguiu tranqüilo na liderança, o mesmo não aconteceu nas posições seguintes. O principal destaque do pelotão dianteiro foi Franco Stedile, que largou em sexto e terminou a prova na terceira posição. O gaúcho, que na última etapa, disputada em Campo Grande (RS), terminou na segunda colocação, travou os duelos mais empolgantes da corrida.



Primeiro, ele teve que retomar o sexto posto que havia perdido na largada para Emerson Duda. Depois, partiu para cima de Bazzo, ganhando a quinta posição, na sexta volta. A “vítima” seguinte foi o paranaense Kau Machado, que, mesmo correndo em casa, também não suportou a pressão de Stedile. O único que conseguiu parar o piloto foi seu conterrâneo Eduardo Heinen. “Eu estava mais rápido em vários trechos e fui para o tudo ou nada na última volta. Mas quase saí da pista. Por isso, resolvi segurar e me contentar com o terceiro lugar”, revela o piloto, que assumiu a quarta posição no Campeonato. Ricci continua liderando, seguido de perto por Heinen e Bazzo.



Stedile, que é apoiado pela Agrale, Bepo Componentes Automotivos, Germani e Pionner Sementes, tenta se aproximar ainda mais dos líderes na próxima etapa da Pick-up Racing, marcada para o dia 8 de outubro, em Santa Cruz do Sul. A categoria voltará ao mais novo circuito brasileiro depois de três meses, num momento decisivo, já que será a sexta, das nove etapas programadas no ano. Depois de Santa Cruz, Guaporé receberá uma rodada dupla e Curitiba voltará a sediar uma etapa da competição, na última etapa da temporada, em dezembro.



Apesar de não ter boas lembranças da corrida disputada em julho na pista de Santa Cruz – quando foi sexto no grid, mas abandonou a prova – Stedile confia num bom resultado. “Graças a minha equipe (Gramacho Competições), o carro está muito competitivo este ano. Espero que continue assim para que a nossa primeira vitória na categoria chegue logo. Nas últimas quatro etapas serão 80 pontos em jogo, por isso nada está definido”, finaliza Franco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *