Pick-Up: Julio Campos vence prova acidentada em Curitiba e fatura a taça de 2009

Em uma prova acidentada, que terminou com o Safety-Car na pista, Julio Campos venceu neste domingo (25/10), a 6ª etapa da temporada, em Curitiba, no Paraná. Com o resultado Campos sagrou-se campeão de 2009 com duas provas de antecipação.

Pole-position Campos (Mitsubishi/ AMD Racing) dominou a prova, recebendo a bandeirada atrás do carro de segurança, após 36 voltas e 37m28s639, três minutos antes do previsto. Fabricio Lançoni, parceiro de equipe de Campos, foi o 2º, com João Pretto (Mitsubishi/ Mottin Racing) completando o pódio.

Como de costume na categoria a prova foi muito disputada, com diversos toques, rodadas e pedaços de carro espalhados pela pista. Logo na primeira volta Hibernon Cysne ficou sem o capô de sua pick-up, que voou pela pista.

Poucas voltas depois um toque de Rodrigo Navarro em Carlos Kray fez o veterano piloto ir para a brita, ficando com sua pick-up atolada. Fora do carro, Kray esbravejou muito quando Navarrinho passou novamente. Faltando quatro voltas para o final Navarrinho perdeu o capô, abandonando.

Aluisio Coelho e Serafim Junior também se estranharam, com os dois deixando a prova.

Na 34ª volta Rafael Iserhard e Thiago Riberi, se tocaram na disputa pela 4ª posição. Iserhard saiu da pista em alta velocidade, acertando violentamente o carro de seu parceiro de equipe, Douglas Soares, que havia abandonado a prova logo no começo. A pick-up de Iserhard atravessou a pista batendo no muro da reta, completamente destruído.

O piloto saiu do carro, após alguns minutos, sendo levado, de maca, para o centro médico. Segundo informações do repórter da categoria, o piloto estava acordado e se queixando de dores no braço.

Riberi, que havia terminado em 4º, foi punido com o acréscimo de 20 segundos em seu tempo final, caindo para a 10ª posição. O piloto iria recorrer da punição, que deu virtualmente a taça de 2009 a Campos.

Final:

1º) 4 – Julio Campos (Mitsubishi, PR), 36 voltas em 37:28.639
2º) 54 – Fabrício Lançoni (Mitsubishi , PR), a 0.761
3º) 56 – João Pretto (Mitsubishi , MT), a 1.600
4º) 1 – Cadú Pasetti (Chevrolet , SP), a 3.811
5º) 88 – Marcos Ramalho (Chevrolet , MS), a 5.009
6º) 6 – Marcelo Cesquim (Chevrolet , PR), a 8.314
7º) 46 – Vitor Genz (Mitsubishi , RS), a 9.591
8º) 78 – Fúlvio Marote (Mitsubishi , PR), a 10.487
9º) 63 – Marlon Watanabe (Chevrolet , PR), a 11.339
10º) 90 – Thiago Riberi (Chevrolet , SP), a 22.763
11º) 3 – Rafael Iserhard (Chevrolet, RS), a 2 voltas
12º) 11 – Wanderson Freitas (Chevrolet , MG), a 2 voltas
13º) 18 – Rodrigo Navarro (Chevrolet , SP), a 4 voltas
14º) 48 – Marcio Sarot (Chevrolet , PR), a 4 voltas
15º) 10 – Aluizio Coelho (Mitsubishi , SP), a 19 voltas
16º) 17 – Serafim Junior (Chevrolet, RJ), a 19 voltas
17º) 96 – João Ometto (Chevrolet , SP), a 21 voltas
18º) 75 – Henrique Assunção (Mitsubishi , SP), a 27 voltas
19º) 16 – Carlos Kray (Mitsubishi , RS), a 32 voltas
20º) 70 – Rodrigo Stefanini (Chevrolet , SP), a 33 voltas
21º) 14 – Hybernon Cysne (Mitsubishi , CE), a 35 voltas

Melhor Volta: Thiago Riberi , 54.027 (169,91 km/h)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *