Pick-Up: Sondermann vence e dá título de equipes para Gramacho Stedile

Equipe de Alexandre Gramacho garante taça em Tarumã com 85,7% no número de vitórias em 2008.

Campeão antecipado da Pick-up Racing, Gustavo Sondermann alcançou neste domingo (23), em Tarumã, a incrível marca de cinco vitórias em sete etapas disputadas da categoria, coroando a Gramacho Stedile (Bepo) com o título antecipado entre as equipes.


Com o êxito no Rio Grande do Sul, o piloto paulista pulou para 136 pontos de um total de 175 já disputados – o que corresponde um aproveitamento de 77,7%, o melhor das quatro categorias da Stock Car (que também conta com a Copa Nextel, Copa Vicar e Stock Jr.).


Mesmo com um intervalo de dois meses sem corridas na categoria, Sondermann mostrou estar em forma, largando da pole e vencendo de ponta a ponta, com uma vantagem de 0s6 para Paulo Salustiano, da Full Time, o segundo colocado.


Só que, apesar dos números e do resultado, Gustavo destacou a dificuldade com os pneus na corrida, que o obrigou a manter uma pilotagem cautelosa, mesmo com a pressão de Salustiano. “Foi um corrida difícil em função do grande desgaste dos pneus, mas felizmente a equipe vem me dado um carro excelente”, destacou Sondermann.


Para o chefe da equipe, Alexandre Gramacho, o fato de o time ter conquistado o título com direito à pole-position em todas as etapas e seis vitórias de sete disputadas (um aproveitamento de 85,7%) é fruto do trabalho de todos da equipe. “Sem união e competência não conseguiríamos todos esses resultados positivos”, definiu.


Apesar da excelência da equipe nos resultados, há muito para fazer: Thiago Riberi, quinto na corrida, terá trabalho na disputa com Salustiano e Felipe Lapenna, ambos da Full Time, na briga pelo vice-campeonato na grande final, marcada para o dia 7 de dezembro, em São Paulo.


“Fui pressionado desde a primeira volta e, com a entrada do safety-car em duas oportunidades (por causa de dois acidentes) os carros realinharam e a pressão foi ainda maior, mas considero esse um bom resultado”, destacou Riberi, que perdeu uma posição na tabela – caiu para quarto -, mas manteve o entusiasmo em alta.


“Vamos fazer o mesmo trabalho que estamos realizando o ano todo e buscarmos a primeira posição com o Riberi. Além disso, a meta é o Sondermann e o Cadú (Pasetti, que abandonou) também pontuarem”, enfocou Gramacho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *