Porsche Cup: Grid recorde na prova conjunta

Com 44 carros, prova de Estoril teve o maior grid da história do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil. Pista molhada provocou muitas rodadas e saídas de pista.

Grid recorde (44 carros), pista molhada, muita emoção e muitos incidentes. Foi assim a prova conjunta do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil, que reuniu as categorias Porsche Cup (carros com motor de 3,8 litros) e Porsche Challenge (3,6 litros) no autódromo de Estoril. Constantino Júnior ficou com a vitória na Cup e Sylvio de Barros alcançou sua primeira vitória na Challenge.

A prova portuguesa repetiu a experiência bem sucedida da corrida de Buenos Aires, em setembro de 2010. Os 20 Porsche Cup alinharam na frente, de acordo com o resultado da prova “solo” e com inversão dos oito primeiros colocados. Logo depois, vieram os 24 Porsche Challenge, na ordem exata em que terminaram a bateria exclusiva da categoria. Com isso, a primeira fila foi ocupada por Charles Reed e Guilherme Figueirôa. Entre os Challenge, Gil Farah e Sylvio de Barros lideravam o pelotão.

Com pista molhada e sob chuva fina, a largada foi dada com safety car e com bandeira amarela na primeira curva após a liberação da corrida com bandeira verde. Foi a maneira encontrada pela direção de prova para evitar acidentes na primeira curva, devido à falta de aderência e de visibilidade. Charles Reed aproveitou bem a vantagem de não poder ser ultrapassado na primeira curva e liderou as duas primeiras voltas. Na terceira, foi ultrapassado por Constantino, que liderou a corrida até o final, e na seguinte por Rosset. Charles se manteve entre os seis primeiros colocados até a volta 9, quando uma rodada jogou-o para a 13ª posição. Clemente Lunardi também aproveitou a experiência na pista molhada e repetiu o terceiro lugar obtido na primeira corrida do dia. Maurizio Billi, Marcelo Franco e Roberto Posses completaram os seis primeiros colocados. Nas voltas finais, o sol apareceu e brilhou forte, mas não foi suficiente para secar a pista.

A corrida da Porsche Challenge também teve muitas emoções. Gilberto Farah, Sylvio de Barros e Rodolfo Ometto Rolim mantiveram os três primeiros lugares durante um bom tempo, até que Farah rodou e permitiu a Sylvio alcançar sua primeira vitória desde que começou a correr de Porsche, em 2009. A luta pelo quarto lugar também foi emocionante: depois de várias trocas de posição, o mexicano Paco Salcedo ultrapassou Amilcar Collares nas voltas finais e garantiu a posição. Salcedo teve sua tarefa facilitada pela bandeira azul mostrada a no momento em que a dupla da Challenge levava uma volta de Constantino Júnior, líder da Cup: Collares deu passagem a Constantino e Salcedo aproveitou para ganhar a posição do brasileiro. Fernando Barci foi o sexto colocado na categoria.

Resultado final da prova conjunta em realizada em Estoril:

Categoria Porsche Cup
1) 00-Constantino Júnior, 13 voltas em 27:52.796, média de 125,2 km/h
2) 1-Ricardo Rosset, a 5.488
3) 7-Clemente Lunardi, a 19.998
4) 34-Maurizio Billi, a 21.826
5) 70-Marcelo Franco, a 25.332
6) 52-Roberto Posses, a 30.305
7) 27-Ricardo Baptista, a 31.717
8) 99-Tom Valle, a 38.796
9) 89-Daniel Paludo, a 42.147
10) 3-Eduardo de Souza Ramos, a 42.179
11) 36-Charles Reed, a 52.038
12) 9-Guilherme Figueirôa, a 53.169
13) 10-Adalberto Baptista, a 1:03.585
14) 55-Marcel Visconde, a 1:07.596
15) 18-Danilo Fernandez, a 1:28.064
16) 15-Henry Visconde, a 1:28.247
17) 97-Marcos Barros, a 1:41.358
18) 16-Ésio Vichiese, a 1:42.694
19) 63-Sérgio Ribas, a 1 volta
20) 11-Omilton Visconde Jr., a 3 voltas
Volta mais rápida: Ricardo Rosset, 1:59.883, média de 125,6 km/h

Categoria Porsche Challenge
1º) 005-Sylvio de Barros, 13 voltas em 29:31.442
2º) 008-Rodolfo Ometto Rolim, a 5.757
3º) 081-Gilberto Farah, a 14.169
4º) 003-Paco Salcedo, a 27.385
5º) 027-Amilcar Collares, a 30.141
6º) 046-Fernando Barci, a 1 volta
7º) 018-Carlos Ambrósio, a 1 volta
8º) 007-Tommy Soubihe, a 1 volta
9º) 004-Gui Affonso, a 1 volta
10º) 010-Carlos Silveira, a 1 volta
11º) 088-Eduardo Azevedo, a 1 volta
12º) 017-Marcelo Stallone, a 1 volta
13º) 057-Jorge Borelli, a 1 volta
14º) 054-Bernardo Parnes, a 1 volta
15º) 099-Alan Turres, a 1 volta
16º) 077-Daniel Schneider, a 1 volta
17º) 021-Armando Marracini, a 1 volta
18º) 063-Benny Lago, a 2 voltas
19º) 026-Paulo Moreno, a 2 voltas
20º) 009-Edu Guedes, a 4 voltas
21º) 011-Christiano Freire, a 7 voltas
22º) 041-André Lara, a 7 voltas
23º) 033-Flávio Rietmann, a 7 voltas
24º) 069-Sérgio Maggi, não completou a primeira volta
Volta mais rápida: Rodolfo Ometto Rolim, 2:08.201, média de 117,4 km/h

Classificação dos campeonatos

Porsche Cup (soma dos pontos das duas provas)
1) Ricardo Rosset e Constantino Júnior, 40 pontos; 3) Clemente Lunardi, 34; 4) Maurizio Billi, 26; 5) Roberto Posses, 24; 6) Marcel Visconde, 18; 7) Guilherme Figueirôa, 14; 8) Charles Reed, 14; 9) Marcelo Franco, 12; 10) Eduardo de Souza Ramos, 12; 11) Tom Valle, 10; 12) Adalberto Baptista, 10; 13) Ricardo Baptista, 9; 14) Sérgio Ribas, 8; 15) Daniel Paludo, 7; 16) Esio Vichiese, 5; 17) Marcos Barros, 4; 18) Henry Visconde, 3; 19) Danilo Fernandez, 1; 20) Omilton Visconde Júnior, sem pontos.

Porsche Challenge (somente o melhor resultado)
1) Gil Farah e Sylvio de Barros, 20 pontos; 3) Rodolfo Ometto Rolim, 18; 4) Gui Affonso e Paco Salcedo, 14; 6) Eduardo Azevedo e Amilcar Collares, 12; 8) Edu Guedes e Fernando Barci, 10; 10) Christiano Freire e Carlos Ambrósio, 9; 12) Marcelo Stallone e Tommy Soubihe, 8; 14) Sérgio Maggi e Carlos Silveira, 6; 16) Armando Marracini, 4; 17) André Lara e Jorge Borelli, 3; 19) Bernardo Parnes, 2; 20) Alan Turres, 1; 21) Daniel Moraes Schneider, Beny Lago, Carlos Moreno e Flávio Rietmann, sem pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *