Porsche GT3 Cup 997: “largada-relâmpago” dá vitória a Leo Burti na segunda prov

Inversão dos primeiros colocados no grid gerou corrida bastante movimentada.

Uma largada espectacular foi decisiva para o paulista Leo Burti vencer a prova 2 do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil (categoria 997), realizada neste domingo no Autódromo Internacional de Pinhais, em Curitiba. Burti saiu do nono lugar no grid para o segundo na primeira volta e assumiu a liderança ao ultrapassar Tom Valle. Burti recebeu a bandeirada à frente de Miguel Paludo e Alex Barros, com Valle em quarto. As voltas finais foram realizadas com safety car, devido à chuva forte.

Como se esperava, a inversão dos dez primeiros colocados no grid acabou gerando uma corrida bastante movimentada. A primeira fila foi formada por Elias Azevedo e Maurizio Billi, respectivamente décimo e nono colocados na primeira corrida. Mas Valle largou melhor que os dois e assumiu logo a ponta, com Burti em segundo. “Ganhei esta corrida na largada”, afirmava o vencedor após a corrida. “Eu sabia que seria necessário sair bem para evitar perder tempo nas disputas de posição. Meu carro estava equilibrado e, no final, São Pedro deu uma ajuda”, brincou.

Paludo, segundo colocado, demorou um pouco mais para chegar ao grupo da frente, mas mesmo assim se aproximou bastante de Burti e já estava a menos de um segundo quando a chuva começou. “Bobeei um pouco na largada, mas mesmo assim poderia brigar pela vitória se tivesse mais algumas voltas com bandeira verde”, explicava. O resultado da prova 2 deixou Burti e Paludo empatados na liderança do campeonato, cada um com uma vitória e um segundo lugar.

Outra corrida de destaque foi a de Alex Barros. O ex-motociclista, mais uma vez, teve uma atuação brilhante e repetiu o terceiro lugar obtido na primeira prova. “Para quem está chegando agora, é um ótimo resultado”, comemorou. Valle também apreciou o quarto lugar: “Foi uma corrida difícil. Deu para me divertir e fazer uma boa prova”. Ricardo Rosset, quinto, esperava mais da corrida, mas um toque na largada desalinhou seu carro: “Ficou muito instável e não dava para acompanhar o ritmo dos primeiros colocados”, explicou. Em compensação, Guilherme Figueirôa estava exultante com o sexto lugar, obtido após largar em 15º. “Fazia tempo que eu não terminava uma corrida no pódio. Estou realmente feliz”, comemorava

Resultado final da prova 2 do Porsche GT3 Cup 997:
1) 87-Leo Burti, 18 voltas em 28:09.975, média de 141,68 km/h
2) 77-Miguel Paludo, a 1.369
3) 4-Alex Barros, a 2.155
4) 99-Tom Valle, a 1.482
5) 1-Ricardo Rosset, a 5.880
6) 9-Guilherme Figueirôa, a 13.587
7) 27-Ricardo Baptista, a 14.833
8) 55-Marcel Visconde, a 15.608
9) 63-Sérgio Ribas, a 16.841
10) 52-Beto Posses, a 20.950
11) 7-Clemente Lunardi, a 21.689
12) 34-Maurizio Billi, a 22.710
13) 36-Charles Reed, a 23.746
14) 89-Daniel Paludo, a 54.212
15) 10-Adalberto Baptista, a 55.253
16) 2-Elias Azevedo, a 56.331
17) 11-Omilton Visconde Jr., a 1 volta
18) 92-Ricardo Vianna, a 2 voltas (saída de pista)
19) 73-Felipe Johannpeter, a 4 voltas (saída de pista)
Não largaram: 46-Lucas Molo e 51-Otávio Mesquita.

Volta mais rápida: Miguel Paludo, 1:23.571, média de 159,17 km/h

Todos com Porsche 911 GT3 Cup 997 com pneus Yokohama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *