Rally Dakar: Brasileiros Varela/Erley esperam outro bom resultado neste domingo

Campeão Mundial de Rally Cross Country em 2001, Reinaldo Varela elogiou seu Mitsubishi Pajero Full.

O Rally Dakar Argentina Chile entra em seu segundo dia de disputas neste domingo (03/1), quando 361 veículos deverão percorrer mais 687 km entre Córdoba e La Rioja, a noroeste de Buenos Aires. A prova teve início no dia 1º e depois de percorrer o total de 9.030 km, passando duas vezes pela Cordilheira dos Andes e pelo deserto do Atacama no Chile, terminará dia 17 de janeiro na capital portenha.

“Por enquanto estamos só esquentando. Conseguimos terminar o primeiro dia sem parar nenhuma vez, o que já é um bom começo para um rali tão difícil. O carro está perfeito, só vai precisar lavar e já está pronto. Amanhã (domingo) deverá ser melhor ainda pra gente”, acredita Reinaldo Varela (Mitsubishi/Pirelli/Blindarte), único brasileiro Campeão Mundial de Rally Cross-Country (2001), modalidade do mais tradicional rali off-road do mundo.

No sábado (02/1), o primeiro dia de disputas foi composto inicialmente por um deslocamento de 349 km. A Especial cronometrada foi encurtada para 199 km em virtude das fortes chuvas que caíram e subiram muito o nível de um rio. Ela começou na cidade de Rio Cuarto com trechos muitos rápidos nos primeiros 61 km, beneficiando os carros mais potentes. Depois vieram 51 km sinuosos, com muitas pedras, seguido de 59 km de pista rápida na região do Vale de Calamuchita, que recebe a etapa do Campeonato Mundial de Rally (WRC). A cronometragem terminou com mais 28 km travados até a localidade de Rio Tercero.

“Nossa Pajero Full não teve nenhum problema. Eu passei mal algumas vezes, por ainda não estar adaptado à navegação, mas seguimos em frente. Comecei o meu entrosamento com o Varela e estou me acostumando, fazendo alguns ajustes e ganhando experiência. As coisas só vão melhorar”, contou Erley Ayala, preparador da equipe Mitsubishi/Pirelli/Blindarte/Rally Brasil e que está atuando como navegador do experiente piloto. O dia terminou com deslocamento de 84 quilômetros até Córdoba, totalizando os 684 km da primeira etapa do Rally Dakar 2010. O vencedor da primeira Especial foi o espanhol Nani Roma (BMW), seguido de seu compatriota Carlos Sainz (VW) e do francês Stéphane Peterhansel (BMW).

O segundo dia de competição terá um deslocamento inicial de 56 quilômetros a partir da capital do Departamento de Córdoba, seguido de um trecho cronometrado de 355 quilômetros, onde na maior parte da Especial os competidores enfrentarão saltos cegos e curvas sucessivas. No meio os concorrentes terão que ter cuidado com os freios, pois enfrentarão uma grande descida. Depois passarão por um setor mais selvagem, menos sinuoso, mas com mais pedras. O dia termina com um deslocamento de 276 km até La Rioja.

“Quero aproveitar bem este domingo, quando a região pode ser propícia para o nosso carro, já que é bem sinuosa. Esperamos ter um grande dia, já que o nosso carro está indo muito bem”, planeja Varela, que compete com um Mitsubishi Pajero Full na categoria T2 a gasolina, na qual os carros são originais e de produção comercial.

Em 25 anos de rali, Reinaldo Varela tem os títulos de Campeão Mundial de Rally Cross Country, pentacampeão Brasileiro, tetracampeão do Rally Internacional dos Sertões, pentacampeão Brasileiro e Campeão Sul-americano de Rali de Velocidade. Em 2009 foi o piloto que venceu mais provas da modalidade no Brasil.

A dupla Reinaldo Varela/Erley Ayala tem patrocínio de Mitsubishi/Pirelli/Blindarte e apoio Divino Fogão/Itamotors/Temp Clean/Arycom/Artfix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *