Rally Dakar: Peterhansel leva BMW a nova vitória no Dakar

A BMW segue como a “pedra no sapato” da Volkswagen nesta 32ª edição do Rally Dakar. O francês Stéphane Peterhansel venceu a oitava etapa, seguido pelos quatro Race Touareg: Carlos Sainz (2º), Mark Miller (3º), Giniel De Villiers (4º) e Nasser Al-Attiyah (5º). A especial de 472 quilômetros teve pedras, pista rápida e dunas, entre Antofagasta e Copiapó, no Chile.

O catariano Al-Attiyah largou na frente, seguido por Peterhansel, mas quem fez o melhor tempo no primeiro trecho (km 48) foi o BMW do francês Guerlain Chicherit, com De Villiers e Miller na sua cola. Com 200 quilômetros de prova, Peterhansel já estava na liderança. Em segundo lugar, a 42s, apareceu o norte-americano Robby Gordon e seu Hummer, saindo da 24ª posição em uma incrível recuperação.

No km 245 foi a vez de Mark Miller ocupar a ponta, seguido de perto pelos seus companheiros de equipe De Villiers e Carlos Sainz. Mais cem quilômetros rodados, e o sul-africano Giniel passou na frente, deixando Mark em segundo. Peterhansel já havia ultrapassado os outros dois Volkswagen e estava em terceiro.

Pisando fundo, não demorou para que o francês colocasse a BMW na liderança, somando 54 etapas vencidas no Dakar, estabelecendo novo recorde da competição. Na classificação geral, Stéphane ocupa a quarta posição, a 2h02min25 do líder Carlos Sainz. Nasser Al-Attiyah segue em segundo, a 14min35 da ponta, e Mark Miller também briga pelo título, com 22min28 de desvantagem.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *