Rally: Dall Agnoll e Dalmut partem em busca da segunda vitória no Brasileiro

Está chegando a hora. Será nesta sexta-feira a largada promocional e no sábado a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade, na cidade de Pomerode, considerada a mais alemã do Brasil, que fica a poucos quilômetros de Blumenau, em Santa Catarina.

E quem está ansioso para voltar a correr na cidade é Fábio Dall Agnoll/Marcelo Dalmut. A dupla da equipe Fiat (Fiat/Banco Fiat e apoio de Yokohama/Sparco/Formacco/Santa Rita/Jump/Artmix/Academia Limit/RSSP/Iveco/Fila) tentará nesta prova a segunda vitória consecutiva na temporada na categoria N2, já que venceu na abertura em Tijucas.

Um treino deve ser feito antes tanto por Fabio e Marcelo, quanto por Luis Tedesco e Bruno Mega outra dupla da equipe que corre na categoria A6. “A equipe sempre tem faz um treino para testar o carro, ajustar suspensão e outras coisas. O treino é sempre feito em um local fechado e com segurança. Como o piloto passa 20 dias sem correr, é bom também para pegar a mão do carro”, destaca Fabio.

Para ele, a prova de Pomerode marcou o início da carreira no rally de velocidade. “A prova de Pomerode, ano passado, foi na verdade uma estréia. Nervosismo muito grande. É uma prova muito complicada, ela é feita em morros, com muitas curvas de baixa e especiais que exigem bastante torque do motor. Uma prova perigosa também, pois anda-se quase que 80% do rally em encostas de morros. Para esse ano a direção irá promover as mesmas especiais, só que duas em sentido contrário, eu imagino quais serão. Com certeza ficará melhor a prova. O Fiat Palio se adapta muito bem a este tipo de prova onde é exigido motor e uma caixa mais reduzida”, explica o piloto.

Para ele o principal objetivo da dupla tem sido terminar as provas. “Depois da primeira vitória pudemos fazer comparações com os concorrentes e ter uma base do campeonato. Os Celtas vão vir com uma suspensão traseira modificada e um motor mais forte. O Bergamini vai vim pro tudo ou nada de novo. A idéia é manter um ritmo seguro e forte, para depois do primeiro apoio criar uma estratégia que não ponha em risco o carro e a prova, conseqüentemente o Campeonato”, aponta Fabio.

Sobre a equipe Fiat, a dupla tem muito a comemorar neste início de temporada. “A equipe está sendo muito legal comigo e com o Marcelo. Estamos recebendo todo o apoio e as melhores condições para andarmos tranqüilos. Eu, o Tedesco, Marcelo e o Bruno estamos sempre discutindo sobre as especiais e os carros, e sempre é possível tirar grandes dicas. A experiência de uma equipe multi-campeã como a Fiat – Ted Racing está nos ajudando muito a crescer dentro do rally. Os mecânicos sempre entregam o carro impecável, e muito confiável em qualquer circunstância”, conclui o piloto.

A equipe FIAT/Ted Racing Team tem o patrocínio de FIAT | Banco Fiat e apoio de Yokohama | Sparco | Formacco | Santa Rita | Jump | Artmix | Academia Limit | RSSP | Iveco | Fila.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *