Rally dos Sertões: Caminhão da Salvini Racing volta a surpreender Goiânia e larga em segundo

Se for para agitar o público, então é para fazer bem feito e deixar todos boquiabertos. Guido Salvini faz jus à fama da equipe Salvini Racing e mais uma vez salta de forma espetacular durante o prólogo do Rally dos Sertões. As pessoas foram ao delírio.

Já era 01h00min da manhã desta quarta-feira, quando foi dado o sinal verde para a equipe Salvini Racing acelerar o caminhão Mercedes-Benz Atego 1725 e buscar uma boa posição na fila de largada para a primeira especial do 16º Rally Internacional dos Sertões, que começa hoje e terá fim somente no dia 28 de junho, após percorrer 4.735 quilômetros rumo à Natal, RN.

Apesar do horário, o público mantinha-se fiel e aguardava para conferir a fama do caminhão voador da Salvini Racing, que costuma abusar da resistência dos equipamentos e dar grandes saltos nas provas que disputa Brasil a fora. E no Sertões, claro que essa história não seria diferente, ainda mais, no dia do aniversário do piloto Guido Salvini, que completou nesta terça-feira, 39 anos.

O trio, formado também pelo navegador Weidner Moreira e pelo co-piloto Fernando Chwaigert, voou muito alto próximo da linha de chegada e quase derrubou o pórtico (de quase cinco metros de altura). A galera vibrou enlouquecida!

“Sinceramente, não esperava que fosse saltar tão alto. Esse não era nosso objetivo, pois se acontecesse algo ao caminhão, não teríamos tempo suficiente para consertar. Ainda bem que ele é bem resistente e suporta altos impactos”, analisou aliviado o piloto. No entanto, existem certas tendências que não tem como evitar, e mais uma vez, a Salvini Racing deu um show em Goiânia, confirmando a fama do “caminhão voador”.

Hoje, o time largará na segunda posição para a especial de 184 quilômetros de alta velocidade, mas que não apresentará muitos obstáculos off-road. “Fico satisfeito com esse desempenho, pois mostra que somos competitivos e temos um carro bem preparado. Mas o resultado do prólogo não significa nada, porém, nos anima e traz confiança. O que importa serão os resultados a partir da primeira especial”, declarou o piloto. O destino é a cidade de Santa Helena, GO, onde haverá outro super-prime de 1,5 quilômetro. De lá, toda a caravana segue para Rio Verde, GO, para o tão merecido repouso.

Para evitar os erros cometidos do ano passado, a Salvini Racing prestará muita atenção em todas as atitudes tomadas por cada um dos tripulantes durante a competição. “Os primeiros dias de rali serão um termômetro para nós. Em hipótese alguma vamos arriscar nosso equipamento. Esse Sertões promete ser muito duro e exigirá de todo o conjunto, por isso, todo cuidado é pouco”, analisou o navegador Weidner.

A Salvini Racing é atual tricampeã brasileira entre os caminhões. No Sertões, é bicampeã na categoria T4.2 – destinada a caminhões pesados – e possui  título na geral de 2003.

A Equipe Salvini Racing é patrocinada pela Mercedes-Benz, Michelin e Shell.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *