Rally dos Sertões: Competição começa com muitos desafios para os pilotos

Laerte Mazza Filho foi o melhor piloto da equipe Terra e terminou na 17ª posição.

A 14ª edição do Rally Internacional dos Sertões teve nesta quinta-feira (dia 27) a disputa da 1ª etapa, entre Goiás (GO) e Minaçu (GO). No total, foram percorridos 646 km e os pilotos disputaram duas especiais (trechos cronometrados) – uma com 105 km e outra com 118 km.

Nas motos, a vitória foi do piloto Tiago Fantozzi, que completou as especiais em 2h55min37. Jean Azevedo, pentacampeão dos Sertões, terminou em segundo, a apenas 41 segundos do vencedor. O francês Cyrill Despres, atual vice-campeão do Rally Dakar, foi o terceiro.

Na equipe Terra, o melhor resultado do dia foi conquistado por Laerte Mazza Filho, que terminou em 17º lugar no geral, a 28min05 de Fantozzi. Sylvio Barros ficou em 47º e Carlos Ambrósio acabou em 63º lugar entre as 86 motos na disputa.

De acordo com Barros, a primeira especial exigiu bastante dos pilotos e equipamentos. “Foi uma especial muito dura e bastante técnica, com muitas pedras, cascalhos e eu, particularmente, sofri um pouco, porque ainda estou me recuperando de uma lesão na mão. A segunda especial, felizmente, já foi um pouco mais rápida”, contou o piloto, que corre com uma moto KTM (número 73).

“Pegamos tantas valetas e buracos na primeira especial que os pneus ficaram quadrados no final do dia. O rolamento da minha roda dianteira quebrou e os aros ficaram muito amassados”, continuou Sylvio.

Outro desafio no início do dia foi o rio Bagagem. “Enfrentamos um rio muito fundo, com muita correnteza e muita gente acabou ficando ali”, lembrou.

Nesta sexta-feira (28), os pilotos partem rumo a Palmas, capital do Tocantins. A especial contará com 255 km e, no total, eles irão percorrer 551 km. A especial terá início por estradas de fazendas, seguindo para pisos com erosões, lombadas e mata-burros. Em seqüência, os competidores enfrentarão pontes de madeira em estado precário e outra travessia de rio.

“A especial será um pouco mais longa, mas deve ser menos difícil que hoje, com menos pedras e mais rápida”, finalizou Sylvio.

Resultados extra-oficiais da 1ª etapa para motos:
1) Tiago Fantozzi (BRA) – 2h55min37
2) Jean Azevedo (BRA) – a 41 segundos
3) Cyril Despres (FRA) – a 2min34
4) Francisco Lopez (CHI) – a 2min41
5) David Casteu (FRA) – a 5min03
17) Laerte Mazza Filho (BRA) – a 28min05
47) Sylvio Barros (BRA) – a 1h10min39
63) Carlos Ambrósio (BRA) – a 1h24min48

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *