Rally dos Sertões: Dia difícil para motos e quadriciclos no Sertões

Trecho no Estado de Goiás desgastou os competidores.

O segundo dia do Rally dos Sertões já trouxe grandes emoções. Quebras, penalizações e também alguns acidentes fizeram parte da especial entre as cidades de Santa Helena e Cidade de Goiás, ambas no estado goiano. Entre as motos, a Honda de Zé Hélio liderou mais uma etapa, mas dessa vez contando com um incidente com Tiago Fantozzi. Nos quadriciclos, o Suzuki de Cristiano Souza Batista conseguiu boa vantagem no segundo dia.

Zé Hélio de novo – O piloto Zé Hélio (Honda CRF 450X) fechou novamente o dia em primeiro lugar e aumentou sua vantagem entre as motos. Tiago Fantozzi (KTM 530 EXC) foi o segundo a chegar em Cidade de Goiás. Ele havia ultrapassado o competidor da Honda e liderava a especial porém um incidente o fez perder a posição. “Foi uma especial bem veloz, bastante travada, com bastante pedra, bastante navegação. Foi ‘a cara’ do rali a especial de hoje. Foi uma mescla do esquisito com um pouco de pó” avaliou o piloto da KTM.

“Faltando 50 quilômetros para o fim, em um trecho de uma fazenda, uma galinha entrou na frente da moto e na tentativa de não cair, eu coloquei o pé no chão sofri uma torção. Vim sentindo dores muito fortes, mas vim firme, e nesse momento o Zé recuperou a frente”, explicou Fantozzi.

Zé Hélio também considerou uma etapa difícil. “Foram trechos muito diferentes. Ontem foi um dia muito mais tranqüilo e rápido, hoje foi um pouco mais complicado. O tráfego tornou essa especial muito mais cansativa e perigosa”, analisou o líder.

Pedro Bianchi (BMW G450X) foi o terceiro a chegar na cidade histórica. “Foi uma especial difícil, muito exigente fisicamente. Pegamos bastante trânsito na pista, animais, carros, motos, porteiras fechadas, mas isso faz parte do rali, estamos aqui para isso. Foi uma das etapas mais difíceis que fiz nos últimos Sertões. O Zé Hélio e o Tiago Fantozzi andaram muito rápido hoje e eu preferi andar mais tranqüilo. Ainda tem muito rally pela frente e eu quero chegar em Natal (RN). Se essa não foi a etapa mais difícil do Sertões, nós ainda vamos sofrer muito!”, disse o português.

Boa vantagem nos quadris – A competição entre os quadriciclos foi difícil no segundo dia. Cristiano Souza Batista, com um Suzuki 450, foi o mais rápido do dia com Carlo Collet, de Bombardier Renegade, na segunda posição. “Até agora, o rally tem sido perfeito. Não tenho nada a reclamar. Esta foi uma das especiais mais difíceis que eu participei e talvez seja a mais difícil de todo o roteiro. Foi bem técnica, travada. Eu adorei, foi um dia maravilhoso e o (Eduardo) Sachs, que fez o levantamento, está de parabéns”, elogiou Cristiano Souza Batista, que tem boa vantagem para Carlo Collet, o segundo também no geral.

Confira a relação dos melhores após duas etapas disputadas (resultado extra-oficial):

Motos (especial)
1º – Zé Hélio, Honda CRF 450X – 4h45min27s1
2º – Denisio do Nascimento, Honda CRF 450X – 4h53min44s2
3º – Tiago Fantozzi, KTM 530 EXC – 4h54min34s7
4º – Sergio Henrique Klaumann, Yamaha W450 – 4h55min35s5
5º – Juca Bala, KTM EXC 450R – 4h59min31s6
6º – Rodolpho Mattheis, KTM 450 EXC – 5h00min14s1
7º – Sergio Augusto Klaumann, Yamaha W450 – 5h04min06s3
8º – Clécio Maestrelli, Suzuki DRZ 400 – 5h13min07s3
9º – Ezair Rodrigo Bossa (Maninho), KTM XCW 450 – 5h14min04s0
10º – Carlinhos Ambrosio, KTM 690 – 5h15min43s1

Motos (tempo acumulado)
1º – Zé Hélio, Honda CRF 450X – 7h45min17s9
2º – Tiago Fantozzi, KTM 530 EXC – 8h01min32s8
3º – Bianchi Prata, BMW G450X – 8h12min31s9
4º – Carlinhos Ambrosio, KTM 690 – 8h29min21s4
5º – Dimas Mattos, KTM 690 Rally – 8h38min33s8
6º – Jacek Czachor, KTM 690 Rally – 8h44min48s0
7º – Ramon Volkart, BMW G 450X – 9h51min42s8
8º – Andrés Caballero Alcayaga, KTM 530 – 10h54min42s9
9º – Guilherme de Moraes, KTM EXC 450R – 11h19min41s0
10º – Jakub Przyngonski, KTM 690 Rally – 12h42min46s7

Quadriciclo (especial)
1º – Cristiano Souza Batista, Suzuki 450 – 5h36min14s9
2º – Carlo Giovanni Collet Junior, Bombardier Renegade – 6h17min46s4

Quadriciclo (tempo acumulado)
1º – Cristiano Souza Batista, Suzuki 450 – 9h16min14s6
2º – Carlo Giovanni Collet Junior, Bombardier Renegade – 10h06min11s4
3º – Márcio José Pessoa de Oliveira, KTM 525 XC – 16h00min00s0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *