Rally dos Sertões: Varela e Macedo vencem na Super Production e ampliam liderança no campeonato brasileiro

Dupla campeã da Super Production terminou em quinto na classificação Geral do Sertões.

O Rally dos Sertões chega ao final da tarde desta sexta-feira (26/6) em Minaçu (GO), completando 1.441 km do percurso total de 5.056 km. A chegada depois de 10 dias de competição será em Natal (RN), dia 3 de julho. “Hoje (quinta-feira) o Sertões já mostrou sua cara. Foi quebradeira e será disto para pior. O bom é que vencemos em nossa categoria e ampliamos a liderança no campeonato brasileiro”, comentou Reinaldo Varela (Mitsubishi/Pirelli/Blindarte), cinco vezes vencedor do Rally dos Sertões e único brasileiro campeão mundial de Rally Cross Country, que ao lado do navegador Marcos Macedo venceu a etapa de quinta-feira (25/6) na categoria Super Production e ficou em quinto na classificação Geral

 

No segundo dia de disputas o Rally dos Sertões foi de Santa Helena até Cidade de Goiás – reconhecida em 2001 como Patrimônio Histórico e Cultural Mundial pela Unesco – com 334 km de Especial muito técnica e completa, exigindo estratégia. O percurso começou travado, com muitas lombadas descendo a Serra do Caipó. “Foi muita lomba, muito trial muita quebradeira por causa dos saltos e erosões. Saímos chacoalhados”, tentou explicar Marcão Macedo. Depois, em estradas mais rápidas, os ralizeiros subiram a Serra Dourada, e desceram com curvas de nível e bastante cascalhos. “A Especial foi muito travada, não terminava nunca, muito cansativa, duríssima”, completou o navegador.

 

“Foi uma especial bem difícil, serra e pirambeira. Muito salto, salto ruim, com batida seca, não dava para arriscar. Canguru ‘punha’ a língua de fora”, emendou o piloto da Mitsubishi/Pirelli/Blindarte. A dupla teve problema com a tração de sua Mitsubisho RS e subiu a serra e completou os últimos 200 km só com tração 4×2. Ao final da quinta-feira foram completados 796 km de rali desde a largada, em Goiânia (GO).

 

Os três primeiros dias do Rally dos Sertões, que serão completados nesta sexta-feira em Minuaçu, serão válidos como três etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, que tem a liderança de Varela/Macedo na categoria Super Production com 44 pontos. “O nosso primeiro objetivo é o campeonato brasileiro. Por isso, amanhã (sexta-feira) vamos andar com juízo”, planeja Varela. “O importante foi pontuar bem no Brasileiro e abrir vantagem. Amanhã é mais uma etapa, precisaremos manter a constância, pontuar sempre”, avisa Macedo.

 

Partindo logo cedo da antiga capital do estado, os aventureiros terão um longo dia pela frente. Serão 645 km até Minaçu, sendo 317 km cronometrados. A Especial será travada e a navegação terá muita importância. A região é de piso precário, com estradas sinuosas e estreitas, erosões, valetas, curvas de nível, com muito cascalho e pontes estreitas.

 

Confira os dez primeiros (extra-oficial) na categoria Super Production no segundo dia dia:

 

1) Reinaldo Varela/Marcão Macedo (303), 4h36min07s50;

2) Luiz Facco/Silvio Deusdará (316), 4h38min55s00;

3) Marcos Cassol/Rodrigo Mello (317), 4h43min23s30;

4) Jorge Wagenfuhr Jr/Gustavo Gugelmin (318), 4h49min09s40;

5) Mauro Schenkenberg Guedes/Corban Costa (327), 5h06min05s90;

6) Sven Fischer/João Stal (305), 5h08min49s20;

7) José Carlos Schorr/Clério Sfredo (338), 5h17min15s30;

8) Regis Braga Maia/Ana Carolina Braga (330), 5h23min17s20;

9) Otto Baumgart/Gabriel Foltram (342), 5h23min48s70;

10) Ralph Schaus/Norberto Tomé (335), 5h24min01s40.

 

Assim está a classificação do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country na categoria Super Production após seis etapas:

 

Pilotos:

 

1) Reinaldo Varela, 44 pontos;

2) José Sawaya, 20;

3) Luiz Facco, 18,5;

4) Luciano Lima, 13;

5) Marcos Cassol, 12;

6) Augusto Soares, 10;

7) Régis Braga, 9;

8) Reinaldo Iglesias, 8;

8) Paulo Lima, 8;

8) Sven Fischer, 8;

11) Mauro Schenkenberg Guedes, 7;

12) Alberto Castro, 6;

12) Helena Deyama, 6;

12) Jorge Wagenfuhr Jr, 5;

15) Alberto Orsini, 2;

15) Walter Bussadori Jr, 2;

15) José Carlos Schorr, 2 pontos

 

Navegadores:

 

1) Marcão Macedo, 44 pontos;

2) André Sawaya, 16;

3) Neurivan Calado, 13;

4) Rodrigo Mello, 12;

5) Silvio Deusdará, 9;

5) Ana Carolina, 9;

7) André Casagrande, 8;

7) Rogério Medeiros, 8;

7) João Stal, 8;

10) Plínio Bérgamo, 7,5;

11) Wallace Von Schimidt, 7;

11) Corban Costa, 7;

13) Rafael Capoani, 6;

13) Vinicius Castro, 6;

13) Adriana Parra, 6;

16) Gustavo Gugelmin, 5;

17) Carlos Martinatti, 4;

17) Fabrício Abrantes, 4;

19) Ademar Frederico, 2;

19) Joá Bicudo, 2;

19) Clério Sfredo, 2 pontos.

 

A dupla Reinaldo Varela/Marcos Macedo tem patrocínio de Mitsubishi/Pirelli/Blindarte e apoio de Artfix/Borg Warner/Divino Fogão/Electrolux/Itamotors/Temp Clean.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *