Rally dos Sertões: Especial e Super Prime marcam quinto dia para motos e quadris

Grande público em Luís Eduardo Magalhães (BA) pôde acompanhar os competidores acelerando no evento.

Depois de um total de 519 quilômetros percorridos, os pilotos de motos e quadriciclos do Rally dos Sertões tiveram a oportunidade, neste domingo (28), de competir em um Super Prime organizado especialmente para a cidade de Luís Eduardo Magalhães, na Bahia.

Um grande público compareceu ao evento, e puderam ver carros e caminhões acelerando forte. Acompanharam os líderes Zé Hélio (moto) e Cristiano Souza Batista (quadriciclo) e outros pilotos marcando tempos para o rally.

Antes do Super Prime, porém, os competidores passaram por serras sinuosas, estradas rápidas, que permitiram altas velocidades, além de estradas mais estreitas dentro de fazendas. Também enfrentaram trechos de savana durante o quinto dia de especiais.

Nesta segunda (29), o rally chega à cidade de Barra, também na Bahia, onde os pilotos e navegadores enfrentarão uma etapa maratona – em que os veículos não podem passar por nenhum tipo de manutenção, permanecendo em parque fechado durante o período que não houver especial ou deslocamento.

Alta velocidade – O melhor tempo deste domingo, contando especial e Super Prime, ficou com o líder e cada vez mais próximo do pentacampeonato, Zé Hélio (Honda CRF 450X). O segundo tempo do dia foi de Denisio do Nascimento (Honda CRF 450X), seguido por Sérgio Henrique “Ike” Klaumann (Yamaha WR450).

Os pilotos destacaram a boa velocidade desenvolvida durante a especial. “Hoje (domingo) foi uma beleza, o piso estava bom e a especial foi de alta velocidade. Deu pra descansar. A primeira metade do percurso foi muito boa, e o meu desempenho também. Estou feliz”, explicou o líder Zé Hélio.

Para o polonês Jakub “Kuba” Przyngonski, com sua KTM 690 Rally, o dia teve contratempos que o impediram de chegar mais à frente do que a quarta posição. “O começo da prova foi muito bom, eu estava rápido e acho que até na frente do Zé Hélio. Mas tive problemas elétricos e fui obrigado a parar para ver o que estava acontecendo. Perdi uns cinco minutos. Mas gostei da especial, foi bem rápida e cheguei a atingir 168 km/h”, detalhou o piloto que conseguiu ser mais rápido do que Pedro Bianchi (BMW G450X), o quinto colocado.

Poupando – Já nos quadriciclos, Cristiano Souza Batista, com seu Suzuki 450, conseguiu ficar quase quatro minutos à frente do vice-líder da especial e Super Prime – o competidor do Cam-am Renegade, Carlo Collet. Heronaldo de Andrade, com o Yamaha Raptor 700, fechou os três primeiros do dia.

Para os competidores dos quadris, foi uma especial para não forçar o veículo. “Foi uma especial rápida, não muito boa para mim porque estou poupando o equipamento. Me perdi na saída do neutralizado e por azar tinha um helicóptero filmando. Foi uma vergonha (risos). Estamos na metade da prova, é difícil alcançar o Cristiano, mas tudo pode acontecer”, acredita Carlo Collet.

Cristiano também poupou equipamento, mas, mesmo assim, acabou conquistando sua quinta vitória consecutiva. “Tentei poupar meu quadri hoje (domingo), pois estamos na metade da prova ainda. Eu não imaginava obter um resultado tão bom quanto este (sobre as cinco vitórias nas cinco etapas disputadas até aqui), mas treinei bastante para isso”, disse o líder.

O Rally dos Sertões 2009 é patrocinado por Petrobras e apoiado pelos Governos dos Estados de Goiás, Tocantins e Rio Grande do Norte, Ministério do Turismo, Goiás Turismo, Shopping Flamboyant, DCCO – Geradores e Motores Cummins, SAMA, Mitsubishi Motors e MACBOOT. O evento ainda conta com supervisão da FIM (Federação Internacional de Motociclismo), da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) e da CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo).

Resultados (extra-oficiais):

Motos (especial e Super Prime)
1º – Zé Hélio, Honda CRF 450X – 3h10min47s1
2º – Denisio do Nascimento, Honda CRF 450X – 3h12min23s5
3º – Sergio Henrique Klaumann (Ike), Yamaha WR450 – 3h12min32s6
4º – Jakub Przyngonski (Kuba), KTM 690 Rally – 3h14min58s2
5º – Pedro Bianchi, BMW G450X – 3h18min14s6

Motos (tempo acumulado)
1º – Zé Hélio, Honda CRF 450X – 20h42min38s3
2º – Denisio do Nascimento, Honda CRF 450X – 21h24min54s7
3º – Juca Bala, KTM 450 EXC – 21h46min33s9
4º – Sergio Augusto Klaumann (Guto), Yamaha WR450 F – 22h24min21s3
5º – Rodolpho Mattheis, KTM 450 EXC – 22h41min14s4

Quadriciclos (especial e Super Prime)
1º – Cristiano Souza Batista, Suzuki 450 – 3h42min46s5
2º – Carlo Giovanni Collet Junior, Cam-am Renegade – 3h46min25s8
3º – Heronaldo de Andrade, Yamaha Raptor 700 – 3h49min31s6

Quadriciclos (tempo acumulado)
1º – Cristiano Souza Batista, Suzuki 450 – 24h02min26s6
2º – Carlo Giovanni Collet Junior, Can-am Renegade – 25h09min14s1
3º – Bruno Leão, Cam-am Renegade – 27h39min44s9

O dia do Sertões:
5ª etapa: Palmas (TO) – Luís Eduardo Magalhães (BA)
Deslocamento inicial: 42 km por asfalto
Especial: 281 km
Deslocamento final: 196 km por asfalto
Total do dia: 519 km

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *