Rally dos Sertões: Felipe Zanol vence a 1ª etapa nas motos

Após vencer o Super Prime, mineiro é o mais rápido na especial de 176 km entre São Luís e Barreirinhas (MA). Nos quadriciclos, vitória maranhense com Luiz Tarquinio Cruz. Na nova categoria UTV, a conquista foi de Heronaldo Segundo/Guga Costa

A disputa da 1ª etapa da edição histórica de 20 anos do Rally dos Sertões, neste domingo (19), começou literalmente quente. Os 220 competidores partiram de São Luís, capital maranhense, rumo a Barreirinhas, no interior do Estado. Foram 134 km de deslocamento inicial, 176 km de especial e 55 km de deslocamento final, totalizando 365 km.

Na categoria motos, o mineiro Felipe Zanol (Honda CRF 450X) mostrou mais uma vez por que é o favorito. Depois de vencer o Super Prime, na noite de sábado (18), o piloto foi o mais veloz neste domingo, completando o trecho de especial em 02h43min44s3.

Como previsto, os pilotos comentaram sobre as dificuldades do roteiro. “A etapa de abertura foi bastante cansativa e difícil, por conta da areia fofa, do forte calor e da navegação. Houve travessia em um rio bastante fundo e cheguei a me perder junto com outros pilotos. No final, diminuí o ritmo com medo de acabar a gasolina, já que o dia consumiu bastante combustível no solo arenoso”, declarou Zanol, vice-campeão nas duas últimas edições do Sertões.

A categoria ainda teve Nielsem Bueno em segundo e Ike Klaumann em terceiro.

Nos quadriciclos, a vitória ficou com Luiz Traquinio Cruz, para a festa maranhense. O piloto da casa finalizou a especial em 3h14min09s5, seguido por Bento da Silva e Marcelo Medeiros.

Já na categoria UTV, que estreia de forma experimental no Sertões deste ano, além da vitória de Heronaldo Segundo / Guga Costa (3h12min19s0), o dia ficou marcado pelo abandono de Robert Nahas/Nuno Fojo. O UTV da dupla pegou fogo no início da especial e só restou a gaiola. Felizmente, os pilotos não sofreram nenhum ferimento grave.

Nesta segunda (20), a caravana sertaneja segue até Bacabal, também no Maranhão. São 514 km no total (1 km – deslocamento inicial; 148 km – especial; 365 km final). A especial é praticamente 100% areia e haverá um trecho de 30 km com navegação por GPS nas dunas. A largada será às 7h45.

Os primeiros colocados na 1ª etapa (extra-oficial):
São Luís (MA) – Barreirinhas (MA)
Deslocamento Inicial: 134 km
Trecho de Especial: 176 km
Deslocamento Final: 55 km
TOTAL: 365 km

Motos:
1ºFELIPE ZANOL 02:43:44.3
2ºNIELSEM BUENO 02:45:07.1
3ºIKE KLAUMANN 02:53:41.2
4ºDARIO JULIO SOUZA 02:54:26.4
5ºGUTO KLAUMANN 02:58:09.6
6ºDIMAS MATTOS 03:00:04.3
7ºJEAN AZEVEDO 03:05:23.4
8ºRAMON SACILOTTI 03:09:44.5
9ºRICARDO MEDEIROS 03:13:18.6
10ºJUCA BALA 03:15:18.5

Quadriciclos:
1ºLUIZ TARQUINIO CRUZ 03:14:09.5
2ºBENTO DA SILVA 03:17:02.7
3ºMARCELO MEDEIROS 03:38:57.4
4ºANTONIO PINHO JUNIOR 03:44:18.3
5ºERNESTO JUN WATASHI 04:27:11.7
6ºPAULO ROBERTO KITAGAWA 04:44:25.7

UTVs:
1ºHERONALDO SEGUNDO/GUGA COSTA 03:12:19.0
2ºCARLINHOS AMBRÓSIO/DIONIZIO SILVA NETO 03:22:00.1
3ºJASON OLIVEIRA/MARCOS LARA 03:27:35.6
4ºMARIAO GOMES/CLELIO FERREIRA 03:50:30.5
5ºCACA CLAUSET/RODRIGO KHEZAM 03:51:32.6

20/08: 2ª Etapa
Barreirinhas (MA) – Bacabal (MA)
Deslocamento Inicial: 1 km
Trecho de Especial: 148 km
Deslocamento Final: 365 km
TOTAL: 514 km

A 20ª edição do Rally dos Sertões tem o patrocínio master do Governo do Maranhão e Mitsubishi Motors; patrocínio Honda Motos, Cemar e Governo do Estado do Ceará; apoios Uracer, São Luís Shopping, Hotel Luzeiros, Volare e Tmar; organização Dunas Race; supervisão Confederação Brasileira de Automobilismo e Confederação Brasileira de Motociclismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *