Rally dos Sertões: Nobre/Palu vive ‘céu e inferno’ no primeiro dia de prova

A bordo de uma BMW X3, dupla venceu a primeira especial com 1min13s de vantagem para o segundo colocado. Na segunda especial perdeu tempo com o semi-eixo traseiro quebrado e ocupa o 4º lugar no rali.

O primeiro dia do 14º Rally dos Sertões reservou emoções distintas para a dupla Paulo Nobre/Luiz Palu (Itaú Private Bank). Estreando com a BMW X3 nas trilhas brasileiras, Nobre/Palu venceu a primeira especial realizada nesta quinta-feira (27/07) com mais de 1 minuto de vantagem para Marlon Koerich/Josiane Koerich, segunda colocada. Já na segunda especial a dupla da equipe Palmeirinha X-Raid enfrentou uma quebra no semi-eixo traseiro e não conseguiu manter o mesmo desempenho do trecho anterior e perdeu tempo em relação aos seus adversários. No resultado geral do dia, Paulo Nobre/Luis Palu aparece na 4ª colocação, 2min58s atrás dos líderes Klever Kolberg/Eduardo Bampi.

Apesar do problema mecânico enfrentado, foi uma avaria em outro equipamento do veículo que mais aborreceu Paulo Nobre, o Palmeirinha. A antena do rádio da BMW acabou sendo arrancada por um galho de árvore, o que deixou o aparelho sem captar a transmissão de outros carros. Com um ritmo mais lento devido a falha do semi-eixo e sem escutar os adversários que pediam passagem, involuntariamente a dupla verde e branca atrapalhou os irmãos catarinenses Marlon e Josiane Koerich, o que deixou Palmeirinha muito chateado. “É engraçado, no mesmo dia eu vivi o céu e o inferno. Na primeira especial andamos bem e pela primeira vez na vida venci uma especial do Sertões no resultado geral. Aí veio a segunda especial, na qual tivemos a falta de sorte de ter o semi-eixo traseiro quebrado e um galho de árvore ter arrancado a antena do nosso rádio. O nosso ritmo diminuiu e fomos alcançados pelos meus grandes amigos Marlon e Josiane Koerich. Sem rádio acabei atrapalhando a corrida deles por quase 50 quilômetros e apesar de não ter tido culpa e nem má fé, isso acabou com o meu dia. Queria me desculpar publicamente com a equipe Chevrolet e principalmente aos meus dois grandes amigos”, disse Palmeirinha.

Nesta sexta-feira, o Rally dos Sertões chega ao Tocantins, tendo a cidade de Palmas como destino. O percurso desta sexta-feira irá passar por pontes de madeira, travessia de rios com pedras, além de trechos rápidos em estradas de fazendas.

O resultado extra-oficial da primeira etapa do Rally dos Sertões é o seguinte:
1º Klever Kolberg/Eduardo Bampi (Mitsubishi), 2h57min58s
2º Marlon Koerich/Josiane Koerich (Chevrolet), 2h59min04s
3º Mauricio Neves/Clécio Maestrelli (Mitsubishi), 3h00min43s
4º Paulo Nobre/Luiz Palu (BMW), 3h00min56s
5º Luís Tedesco/Bruno Mega (Chevrolet), 3h06min23s
6º Reinaldo Varela/Marcos Macedo (Mitsubishi), 3h06min44s
7º João Antonio Franciosi/Rafael Capoani (Mitsubishi), 3h12min24s
8º Paulo César Bertollini/Vanderlei Dalla Costa (Mitsubishi), 3h13min10s
9º Riamburgo Ximenez/Flavio Marinho (Mitsubishi), 3h13min30s
10º Fellipe Bibas/Emerson Cavassin (Mitsubishi), 3h16min40s

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *