Rally dos Sertões: Pela quarta vez em oito dias, Nobre/Palmeiro vence a etapa

Dupla da equipe Palmeirinha Rally andou forte, superou pneu furado e descontou cinco minutos da distância que a separa da liderança

Deu a dupla Paulo Nobre/Filipe Palmeiro em 1º lugar da categoria Carros na 8ª etapa do Rally dos Sertões 2011. Nesta quarta-feira (17 de agosto), os competidores deixaram a cidade de Barra do Corda (Maranhão) com destino a Teresina (Piauí) numa etapa que foi curta em termos de trecho cronometrado, apenas 160 km, mas com 539 km a serem percorridos incluindo os deslocamentos. Ao final do dia, a dupla da equipe Palmeirinha Rally obteve o tempo de 2h15min43s a bordo de sua BMW X3 e garantiu a quarta vitória nesta edição da prova.

O dia, que parecia ser simples e sem grandes dificuldades, virou uma aventura para Nobre/Palmeiro. Um pneu furado logo no início do trecho cronometrado fez com que eles perdessem terreno, o que obrigou a dupla a adotar um ritmo mais forte no restante da disputa. A estratégia deu certo e o que era prejuízo virou vantagem  ao final de 160 km. A dupla palmeirense terminou a 8ª rodada 1min01s  a frente de Reinaldo Varela/Eduardo Bampi, 2ª colocada nesta etapa. “Largamos o dia com a intenção de vencer a etapa, mas inexplicavelmente furou um pneu no início, antes de entrarmos na parte de savana travada. Acho que fizemos a troca mais rápida desde que começamos a andar juntos! De lá até o final foi literalmente “Pé no Porão”!”, contou Nobre.

Com o resultado de hoje Paulo Nobre passa a contar com 17 vitórias em etapas do Rally dos Sertões. O navegador português Filipe Palmeiro também alcançou uma marca especial, sua décima vitória em etapas da prova. “O Palmeiro esta de parabéns pelo dia de hoje, primeiro porque venceu sua 10ª especial em Sertões e depois pela navegação impecável que me permitiu andar em cross country em ritmo de rali de velocidade, graças a sua navegação”, falou o piloto.

Em relação aos líderes da classificação geral, Guilherme Spinelli e Youssef Haddad, Nobre e Palmeiro descontaram mais cinco minutos nesta quarta-feira. Mas nada que mude as esperanças da dupla em sair campeã do Sertões 2011, muito pelo contrário, como explicou Palmeirinha.  “Estamos fazendo a nossa parte, o nosso dever de casa. Tentando ao máximo nos manter na segunda colocação, para se os deuses do rali assim entenderem, a prova cair no nosso colo. Mas não tá nada fácil, pois o Varela e o Bampi estão andando muito, com constância todos os dias e dando um trabalho danado, fora o Klever e o Flavinho que vem babando logo atrás”, disse o piloto se referindo as duplas que ocupam a terceira e quarta posições no resultado da prova.

Nesta quinta-feira, (18 de agosto), o Rally dos Sertões entrará em seu penúltimo dia. Serão 252 km de trechos cronometrados entre as cidades de Teresina (Piauí) e Sobral (Ceará). Ao final do dia, terão sido percorridos 506 km.

Confira o resultado extra-oficial da sétima etapa:
1º Paulo Nobre/Filipe Palmeiro – 2h15min43s
2º Reinaldo Varela/Eduardo Bampi (Mitsubishi Brasil) – 2h16min44s
3º Klever Kolberg/Flávio Marinho de França – 2h20min38s
4° Guilherme Spinelli/Yousseff Haddad (Mitsubishi Brasil) – 2h21min09s
5º João Franciosi/Rafael Capoani – 2h21min22s
6º Richard Vaders/José Spacassassi – 2h24min20s
7º Cristian Baumgart/Beco Andreotti (Mitsubishi Brasil) – 2h27min03s
8º Luiz Facco/Glauber Fontoura – 2h29min05s
9º Anderson Guimarães/Lourival Roldan – 2h31min31s
10º Luis Stédile/Deco Muniz – 2h35min35s

Acumulado após sete etapas (os cinco primeiros):
1º Guilherme Spinelli/Yousseff Haddad (Mitsubishi Brasil) – 24h33min50s
2º Paulo Nobre/Filipe Palmeiro – 25h07min20s
3° Reinaldo Varela/Eduardo Bampi (Mitsubishi Brasil) – 25h10min52s
4º Klever Kolberg/Flávio Marinho de França – 25h17min42s
5º Luiz Stédile/Deco Muniz – 27h28min44s

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *