Rally: Equipe Salvini Racing tem bom aproveitamento na Copa RallySP

Carlos Salvini, Weidner Moreira e Fernando Chwaigert enfrentaram problemas mecânicos durante o Rally da Cana, e ainda assim, contabilizaram pontos importantes rumo a conquista do título.

Profissionalismo e paixão pelo off-road é o que move a equipe Salvini Racing, que em pleno feriado da Páscoa trocou o aconchego da família e viajou de Petrópolis, RJ, para Pirassununga, interior de São Paulo, para participar do 3º Rally da Cana, que computou pontos para as 3ª e 4ª etapas da Copa RallySP.

Compondo um grid de 29 equipes, o piloto Carlos Salvini, o navegador Weidner Moreira e o co-piloto Fernando Chwaigert viveram momentos de tensão durante a disputa. Na prova de sexta-feira, que teve 105 quilômetros de especiais –, o câmbio do caminhão Mercedes-Benz Atego apresentou problemas na 4ª marcha. “A prova foi muito rápida, com longos estradões onde era possível alcançar os 150 km/h. Desta forma, fica complicado brigar pela vitória, pois o veículo perde rendimento ao trocar a 3ª direto para a 5ª marcha”, explicou o piloto Salvini.

O roteiro exigiu da pilotagem, da navegação e do equipamento. Com várias lombadas que proporcionaram grandes saltos em piso arenoso (e às vezes de chão batido), os pilotos tiveram de aplicar muita técnica para fazer as diversas curvas ao longo do caminho sem perder tempo. “Principalmente nas curvas que a retomada do caminhão ficava extremamente comprometida pela quebra da marcha”, enfatizou Moreira. Chwaigert fez um reparo na peça para que o trio pudesse prosseguir no certame, mas mesmo assim, não foi o suficiente para obter um bom desempenho. O resultado foi o 4º lugar do dia.

No sábado, os participantes decidiram participar da 4ª etapa com outro caminhão – um Mercedes-Benz AGL, motor 366 de 230 cavalos – a fim de evitar maiores estragos no Atego. Com piso de características semelhantes ao encontrados na disputa anterior, os competidores seguiram determinados e conquistaram o 2º lugar da etapa, e na geral do Rally da Cana, ficaram com a 4ª posição. “Estamos preparados para enfrentar qualquer tipo de situação. Tudo o que estiver ao nosso alcance para continuarmos numa competição, será feito sem medir esforços”, disse o experiente Salvini. “Já vivi de tudo nesses 44 anos de automobilismo e raras foram as vezes que fomos obrigados a voltar para casa antes da hora”, completou.

A Salvini Racing somou 12 pontos na classificação geral da Copa RallySP, e agora permanece em terceiro lugar, confiantes na conquista do título da temporada 2008. Em primeiro lugar segue Amable Barrasa e José Papacena, e em segundo, André Azevedo e Maykel Justo.

A equipe terá pouco tempo de descanso, pois no dia 12 de abril eles têm compromisso em Pomerode, SC, onde disputarão a 2ª etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross-Country.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *